quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

...: ICQ :...

Oie! =]


Para os menores de 15 anos, o título do post e esta florzinha não fazem o menor sentido. Já as pessoas com 16 (risos!), que deram suas primeiras navegadas na internet, certamente se lembram, especialmente do alerta sonoro.

Embora o programa - um comunicador instantâneo, irmão mais velho do MSN e outros - tenha sido criado por israelenses, a sigla [ICQ] é um trocadilho baseado na pronúncia das letras em inglês [I seek you], ou em bom português: eu procuro você.

Em minhas leituras, o texto de Êxodo 5:3a me chamou muito a atenção. Está escrito:
"E eles disseram: O Deus dos hebreus nos encontrou. (...)"

Na NTLH diz : "Moisés e Arão responderam: - O Deus dos hebreus veio falar conosco (...)"

E, em Mateus 4:18 a20, lemos: "Jesus, andando junto ao mar da Galiléia, viu dois irmãos, Simão, chamado Pedro, e André, os quais lançavam as redes ao mar, porque eram pescadores.
E disse-lhes: "Vinde após Mim, e eu vos farei pescadores de homens.
Então, eles, deixando logo as redes, seguiram-No."

Deus veio ao encontro do homem, por meio de Jesus Cristo.

Deus veio ao meu encontro, usando um servo, através do ICQ. Ele, realmente - e glórias a Deus por isso! - estava a minha procura.

Conheci a pessoa que me apresentou ao Evangelho através desta rede, chamada internet. Tenho um irmão muito amado que entende que "terceirizamos" a evangelização através deste meio de comunicação.

Eu, por este e outros motivos, vejo que esta rede pode sim nos fazer pescadores de homens - desde que estejamos seguindo ao Mestre. É ele quem nos faz pescadores assim, tão especiais. É com Ele que aprendemos a ter amor, misericórdia, paciência, entre tantos outros frutos, para alimentar os 'peixinhos' ainda não alcançados pela Sua rede, feitas com cordas de amor. [veja Oséias 11:4].

Como eu disse, tenho motivos para louvar a Deus por esta rede. Um outro motivo, e que não poderia deixar de fora deste post, é o fato de conhecer outros irmãos, com quem tenho aprendido muito. Não sei se nesta vida como conhecemos, nos veremos pessoalmente - talvez mesmo, só na preciosa e incomparável glória celeste!
Por isso, é uma bênção para mim este alcance que a internet permite.

É claro que a blogosfera não substitui a evangelização pessoal, a pregação em um local, uma visita. Afinal, Deus nos usa para alcançar as almas, ainda perdidas dEle, de coração para coração.

Talvez, para maioria de nós, seja complicado ir a lugares como prisões [embora seja muito necessário, conforme vimos no vídeo do Genizah/veja post anterior], hospitais, asilos....mas, será muito difícil falar com os vizinhos? Oferecer um folheto para um amigo da escola/faculdade? Ou para o caixa do banco, ou supermercado?

Amados, não sei qual estratégia o Senhor nos dará, mas sei que temos que clamar. Se Ele nos dá inteligência [Tg 1:5], habilidades [I Co 12:6], dom de curar [I Co 12:9], entre tantas outras dádivas, se pedirmos, será que não nos daria um modo de fazermos a Sua obra como convém?

Você se dispõe para esta obra? Pode orar comigo por isso? =]

"Senhor Deus, em Tua presença santa buscamos a direção sobre como fazer a Tua obra, como levar a tua preciosa semente para aqueles que ainda não Te conhecem. O Senhor é o Deus Todo Poderoso, Maravilhoso Conselheiro, como diz em Isaías 9, e por isso buscamos a Tua direção , o Teu conselho nesta hora. Nós suplicamos, ó Deus, que na Sua infinita misericórdia, possamos ser achados dignos de levar o Teu nome e a Tua Palavra para almas tão famintas. E Te pedimos perdão, Senhor, pelo que falhamos contra Ti somente. É em nome de Cristo Jesus, Senhor e Salvador nosso, que pedimos e já agradecemos, Amém!"

No amor de Cristo Jesus,

Andreia =]

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

...: Habacuque 3:2 :...


Oie!

Como disse no rodapé de um post aqui no MQV, ainda faria um estudo sobre Reavivamento, apresentando na oportunidade, brevemente, o que não considero como tal.

E ontem, meditando em Isaías 8:12 [NTLH] que diz:
"Não pensem que tudo o que o povo chama de revolução seja revolução mesmo. Não fiqueim assustados, nem tenham medo daquilo de que o povo tem medo."
fui tocada para retomar este assunto.

Lembrando-me do que estudei há alguns anos, quando lecionei sobre o tema para adolescentes, recordei que ao falar em avivamento, a Bíblia relata manifestações dos membros da igreja [ou templo, conforme o caso] que em nada se parecem com o que é visto, e incentivado, nas 'igrejas' de hoje.

Era realmente uma mudança de dentro para fora, que em nada reporta as quedas no chão, urros, gemidos, histeria, 'unção' de objetos e tantas outras bizarrices que ouvimos e vemos - presencialmente, ou através da blogosfera.

Pelo contrário, o povo clamava a Deus pelo avivamento [cf Hc 3:2] - porque é o Senhor quem conduz este processo em nós, igreja. Neste link há um estudo muito bem elaborado e que traduz em muito o que penso sobre o tema. É longo mas extremamente proveitoso e, sinceramente, não tenho dúvidas de que não faria melhor.

O avivamento, de modo bem simples, era um retorno às Escrituras, para obedecê-la e vivê-la.

Lendo hoje um post no Genizah, recomendadíssimo, cheguei a conclusão que, mais do que nunca, a igreja brasileira, os crentes brasileiros - a começar em mim, Senhor! - todos precisamos ser reavivados - porque estivemos mortos em nossos delitos e pecados, como dizem as Escrituras, [veja Ef 2:1] mas já tivemos nossos olhos e ouvidos abertos [veja Atos 4:20].

Já passamos da morte para a vida [cf Jo 5:24], mas como Pedro e os outros apóstolos, enquanto Cristo estava em profunda agonia, dormimos [veja Mc 14:32-41]....

Amados, vamos clamar. Nossa parte é esta, clamar, buscar ao Senhor, nos arrependendo destas nossas faltas....Ele agirá, como tem feito até aqui. Ele começou a boa obra em nós, e a aperfeiçoará! [cf Fp 1:6].

Para concluir, sugiro a leitura de Tiago 2: 14 a 26.

Que o Senhor Deus, que vive e reina para sempre, tenha misericórdia de nós, e nos desperte para sermos dignos dEle! Em nome de Cristo Jesus, Senhor e Salvador nosso,

Com amor,

Andreia

-----
A foto acima é de Qumran, onde foram localizados os assim chamados Manuscritos do Mar Morto: escritos bíblicos, como o livro inteiro de Isaías, e comentários, textos apócrifos e literatura de Qumran.
O lugar é seco, insólito, e numa época com recursos precários, pessoas se aventuraram para que, hoje - ainda que não tivessem este propósito em mente - possamos saber ainda mais da Palavra de Deus - cujos tesouros estão mesmo escondidos, ou você encontra pepitas de ouro na rua?
Uma vez em posse destes tesouros, vamos compartilhá-los, como Pedro fez - já restaurado pelo amor do Senhor - em At 3.

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

...: O valor do compromisso :...


Oie! =]

estava devendo o texto há dias....mas, eis aí!

Que o Senhor Deus possa completar esta mensagem em seu coração.

Em Cristo, Senhor e Salvador nosso,

Andreia =]

.
.
.

Compromisso = 1. Obrigação ( de caráter social, profissional, etc) aceita voluntariamente; 2. Acordo, pacto; 3. Dívida que se deve pagar em dia combinado.

Leitura: Isaías 53 e 61: 1 - 3
Marcos 14: 32 - 41 [NTLH]

Você já fugiu de um compromisso, ou não conseguiu cumprí-lo?

Eu já, algumas vezes sem querer, outras vezes intencionalmente.

Cristo Jesus veio à terra - deixando temporariamente para trás Sua glória, Seu reino, a companhia do Pai - a fim de cumprir um acordo de reconciliação entre Deus, criador de todas as coisas, e nós, Suas criaturas.

O Filho de Deus tornou-Se Filho do Homem para que os filhos dos homens pudessem se tornar filhos de Deus*

Trabalho com Finanças Pessoais há 5 anos e tenho visto como é custoso, trabalhoso para as pessoas, por vezes, cumprirem seus compromissos financeiros. Uma das dicas mais bobinhas, como eu costumo dizer brincando, mas mais ignoradas é a de não comprometer toda a sua renda com despesas [pois imprevistos acontecem na vida de todos, e é bom ter uma folga financeira nestas emergências].

Isto por que na hora da compra é tudo festa e, geralmente, quando nosso desejo é realizado, esquecemos que isto só foi possível graças ao estabelecimento de um compromisso, um acordo para pagamento deste bem.

Adão e Eva compraram a sedutora mentira da serpente, e o fruto que parecia agradável à vista [cf Gn 3:6] apresentou um custo muito, muito elevado - a separação de Deus, a morte física, sofrimentos....

Mas Deus mesmo, em Sua rica, abundante e infinita misericórdia, providenciou o pagamento desta conta: Jesus Cristo.

Após anos e anos, com ricas e detalhadas palavras - que nós chamamos de promessas - Deus executou o pagamento da dívida: no dia combinado por Ele, Cristo Jesus foi crucificado, pagando ali, com Sua própria vida, a pena que os meus e seus pecados [a nossa dívida], amado leitor, mereciam.

Como humano, Cristo não queria passar pelo sofrimento que sabia vir - como nós, hoje, também lutamos contra o sofrimento - mas, ciente do compromisso que assumira junto ao Pai, cumpriu o acordo [veja Hb 9:22]

Pensando, ainda, em termo de compromisso, dívida, sabemos que a quitação de um débito exige um comprovante, não é mesmo? Conforme Atos 1: 3 e 9-11 [entre outras passagens], Cristo Jesus ressuscitou depois de 3 dias, e é a prova viva de que o acordo foi cumprido.

Se alguém pagasse uma dívida que você fez - e que para você se tornou impagável - qual seria sua relação com esta pessoa, que fez o resgate do seu nome na praça?

Oro para que você, amado leitor, esteja entre os que reconhecem que fez a dívida, impagável por si mesmo, aceite o pagamento que Cristo fez na cruz, e viva para sempre com Ele, amando-O, honrando-O, servindo-O....

Se você concorda com este aceite, fique tranquilo: o registro é feito em um livro separado para este propósito. Chama-se Livro da Vida - cf Ap 3:5.

Caso ainda não tenha aceito este amoroso presente, responda para si: o que falta para assumir este compromisso com Cristo - que assumiu com Sua própria vida uma dívida que Ele não fez?

Considere que, o que deixamos por amor a Cristo não nos faz falta*

-----
* Frases extraídas dos Devocionais Nosso Andar Diário e O Presente de Natal, ambos publicações dos Ministérios RBC.

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

...: Recordar é viver :..


Oie! =]

Estava xeretando meus estudos, e decidi compartilhar este, que aprendi quando tive o privilégio [e responsabilidade!!] de ministrar pros adolescentes*. Recordar é sempre bom, especialmente o aprendizado da Palavra de Deus.

Leitura: Provérbios 2: 1-9

Um estudo proveitoso da Bíblia envolve mais do que simplesmente abrir um capítulo e ler o que está escrito. Já fazemos isto com revistas, gibis, jornais, etc, e normalmente quando chegamos ao fim, nem lembramos do que lemos no começo.

Por isso, o estudo bíblico requer de nós atenção, dedicação e meditação para melhor compreensão do que estamos lendo. Temos que ter, principalmente, humildade para reconhecer, admitir que não sabemos nada sem a orientação de Deus.

Em João 15: 5, somos lembrados que, sem o Senhor Deus, nada podemos fazer.

Então vamos ver seis dicas que podem nos auxiliar a ter um proveitoso estudo bíblico:

1) Determine um tempo regular diário
O Senhor Jesus Cristo se retirava, em determinados momentos, para ficar sozinho e orar [Mc 1:35, Lc 4:42]
Também devemos reservar um tempo diário para orarmos e lermos a Bíblia.

2) Antes de começar a ler, peça a Deus por ajuda e compreensão
Ver Pv 2:6, Tg 1:5

3) Pense cuidadosamente naquilo que está lendo.
Os tesouros da Bíblia poucas vezes estão expostos na superfície, como as pedrinhas. Para achar o ouro você precisa cavar. Ver Pv 2: 4,5

4) Tente compreender o que o autor estava dizendo aos leitores originais, antes de decidir o que a passagem significa para você.
No começo do livro de Provérbios, Salomão explica o propósito ao escrever o livro, divinamente inspirado por Deus. Ver Pv 1: 1-6.

5) Escreva, pelo menos, uma verdade ou um princípio num papel, que você poderá colocar em prática.
Um exemplo de verdade que podemos aplicar está em Pv 1:33 - "Mas o que me der ouvidos habitará seguramente, e estará descansado do temor do mal".

6) Não desanime!
Algumas partes da Bíblia são difíceis mesmo de compreender, mas há muito mais que podemos compreender - sempre com a ajuda do Senhor. Os professores de EBD, presbíteros ou pastores, diáconos, ou algum irmão mais experiente com quem você tenha mais proximidade, também podem ajudá-lo neste processo de estudo.

O mais maravilhoso da Palavra é que aplicando o que temos aprendido não somente nossa vida é transformada, mas também a vida das pessoas ao nosso redor - e mais do que falar, podemos testemunhar com nossa vida o privilégio de seguir e servir ao Senhor. =]

Medite, ainda, em Pv 3: 1 a 4.

Com carinho,

no amor de Cristo Jesus, Senhor e Salvador nosso,

Andreia =]

-----
* Irmãos, este estudo foi extraído de um livreto da editora cultura cristã, para adolescentes, e de um estudo divulgado no Nosso Pão Diário. Infelizmente, não tive o cuidado de anotar as referências, além destas às quais me referi. Perdoem-me pelo lapso, pois além disto, só me lembro que as anotações são de 2003.

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

...: Bolo de mel :...


Oie! =]

Olha, a foto não ficou das melhores, mas eu garanto que este bolo de mel com calda de chocolate [que eu fiz, apesar da incredulidade alheia] está ótimo! ;] [hahahahaha]


A receita é super fácil, e segue abaixo para vocês se aventurarem na cozinha!

1 xícara de chá de mel [ou calda de açúcar queimado, como fazemos para pudim]
1 xícara de chá de açúcar
1 colher de sopa de caldo de limão
1 colher de sopa de margarina [bem cheia]
1 xícara de chá de leite
3 xícaras de chá de farinha de trigo peneirada com 1 colher de chá rasa de bicarbonato de sódio
1 colher de chá de cravo moído [antes de moê-lo, torre um pouquinho na frigideira]
1 colher de chá de canela em pó

Modo de preparo

Misture tudo muito bem, à mão [não use batedeira nem liquidificador].
Leve ao forno em assadeira média untada com margarina e polvilhada com farinha.

Dica 1: se substituir o mel pela calda de açúcar queimado [não dá diferença acentuada no sabor e textura, podem ficar tranquilos], faça uma calda molinha, mas não muito rala. Se fizer uma calda dura, ao misturar com os outros ingredientes, ficará como bala.

Dica 2: coloque o mel, ou a calda de açúcar, e os demais líquidos, por último.

Dica 3: o bolo não cresce muito, porque não vai fermento, mas bicarbonato. Use uma forma média.

Quanto à calda de chocolate, faça como for do seu agrado. Eu fiz uma calda mais líquida, porque furei o bolo, de modo que a calda penetrasse nele, e ficasse mais molhado.

Já provei com uma calda de chocolate que lembrava um brigadeiro, mas, mais molinho, e ficou ótimo.

É bom alimentar o corpo, mas não deixemos de alimentar nossa alma.

Em Salmos 119: 103, o salmista diz: "Como são doces as tuas palavras! São mais doces do que o mel."

E, em Provérbios, lemos:
"Meu filho, coma mel, pois o mel faz bem. Assim como o favo de mel é doce na sua língua, assim também a sabedoria é boa para a sua alma. Se você a conseguir, terá um bom futuro e não perderá a sua esperança" - Pv 24: 13, 14

A Palavra do Senhor, além de ser digna de toda a aceitação, infalível, inerrante, é doce! =] E podemos provar desta doçura todos os dias.

Ainda em Provérbios, há uma passagem que sempre me chamou a atenção. Confesso, irmãos, que ainda não descobri o contexto original deste provérbio. Mas, sempre me veio um pensamento ao lê-lo [e hoje, um entendimento diferente tbém].

É o Pv 27:7, que diz "quem está com o estômago cheio rejeita até o mel; mas, para quem está com fome, até a comida amarga é doce" [ntlh]

Sempre lembrava-me desta passagem, quando se falava de pessoas em seitas ou "igrejas" - àquelas que se dizem cristãs, quando estão a anos-luz do Evangelho de Cristo.

Isto porque todos nós experimentamos um vazio em nossa existência. Por anos,
tentei preencher o vazio da minha alma com comida, estudo, trabalho, relacionamentos [amigos, namorado], bens...

Mesmo que temporariamente - quando tudo parecia ir bem, ou de acordo com meus planos - esta comida amarga parecia doce.


Há pouco mais de 9 anos, porém, entendi que este vazio só acaba quando é ocupado por Cristo Jesus. E que doçura, e vida - em abundância, eterna - só há em Deus, por meio de Seu Filho Unigênito, Jesus Cristo.

Hoje, relendo esta passagem de Pv 27:7, tive outro entendimento. Penso em nós cristãos, especialmente os brasileiros, que têm acesso a tantas versões de bíblias, liberdade de prestar culto e fazer pregação...onde ainda é possível encontrarmos igrejas que fazem escolas bíblicas dominicais, com ensino sólido da Palavra, onde o louvor exalta a Deus, e há comunhão entre os irmãos...

Temos tanto, e tantas oportunidades, e nos sentimos tão satisfeitos, que passamos a rejeitar este alimento precioso que é a Palavra de Deus....reclamamos que recebemos sempre a mesma palavra, perdemos o interesse em ir aos cultos....isto quando não se levantam os "caçadores de avivamento"*....e por aí vai...

Amados, vamos orar para que o Senhor nos livre deste pecado da auto suficiência, e que possamos ser achados como dignos até a Sua volta gloriosa!

No amor de Cristo Jesus, Senhor e Salvador nosso


Andreia =]

-----
* Irmãos, não tenho nada contra avivamento, muito pelo contrário. Só que o entendimento que tenho do tema nada tem a ver com os retetés [tipo paletó voador, lenços suados [eca! que nojo!] grudar em paredes, imitar sons ou movimentos de animais, entre outras loucuras] ou a "macumbaria gospel" [andar em sal grosso, ungir rosa, pão, bolo, sabonete, etc...] que, infelizmente, existem por aí.
Oportunamente, tratarei do tema aqui no blog, aguardem! ;]

terça-feira, 24 de novembro de 2009

...: ...no meio do caminho havia uma trave... :...




...: continuação:...

Voltemos ao Salmos 84, abaixo na Nova Tradução na Linguagem de Hoje [NTLH]

1 Como eu amo o teu Templo, ó SENHOR Todo-Poderoso!

2 Como eu gostaria de estar ali! Tenho saudade dos pátios do Templo de Deus, o SENHOR. Com todo o meu ser, canto com alegria ao Deus vivo.

3 Ó SENHOR Todo-Poderoso, meu Rei e meu Deus, perto dos teus altares os pardais constroem o seu ninho, e as andorinhas fazem a sua casa, onde cuidam dos seus filhotes.

4 Felizes são os que moram na tua casa, sempre cantando louvores a ti!

5 Felizes são aqueles que de ti recebem forças e que desejam andar pelas estradas que levam ao monte Sião!

6 Quando eles passam pelo Vale das Lágrimas, ele fica cheio de fontes de água, e as primeiras chuvas o cobrem de bênçãos.

7 Enquanto vão indo, a força deles vai aumentando; eles verão o Deus dos deuses em Sião.

8 Escuta a minha oração, ó SENHOR, Deus Todo-Poderoso! Ouve-me, ó Deus de Jacó!

9 Ó Deus, abençoa o nosso protetor, o rei que tu escolheste!

10 É melhor passar um dia no teu Templo do que mil dias em qualquer outro lugar. Eu gostaria mais de ficar no portão de entrada da casa do meu Deus do que morar nas casas dos maus.

11 O SENHOR Deus é a nossa luz e o nosso escudo. Ele ama e honra os que fazem o que é certo e lhes dá tudo o que é bom.

12 Ó SENHOR Todo-Poderoso, como são felizes aqueles que confiam em ti!

Então, podemos nos encher do Espírito, preferimos a vontade de Deus à nossa, quando amamos o templo [v1] - não limitado a estrutura física, mas aos irmãos, membros do corpo de Cristo. No templo há cantos [v2, v4], há segurança [v3] porque lá é o lugar onde habita o Senhor Todo-Poderoso [v 1, 3, 8, 12], o Deus que protege [v9] como escudo [11], o Deus que esclarece como a luz [v 11], em que não há sombra ou confusão.

É no templo que aprendemos que Deus é amor, e que honra [v12], que retribui com amor, estima e bondade aqueles que fazem o que é certo [v12].

O que mais me chamou a atenção neste Salmo maravilhoso, foram os versos 5 a 7 [vale a pena reler!].

É do Senhor que vem a força e o desejo de andar pelas estradas que levam ao Monte Sião - que foi o lugar onde foi construído o Templo, conforme 2 Cr 3:1. O salmista diz que estas pessoas são felizes - e nós somos estas pessoas felizes, quando atendemos ao chamado de amor do Senhor.

Mas podemos ser ingratos, também, quando não reconhecemos isto. Tudo vem do Senhor.

O caminho para a presença de Deus passa pelo Vale de Baca, ou como diz nesta tradução, Vale de Lágrimas. Amados, Cristo nos alertou que aqui, neste mundo, teremos aflições, sofrimentos [ver João 16:33].

Mas, quando propomos no nosso coração não seguir ao pecado, e sim andar com Cristo e em conformidade com o Seu andar, este Vale de Lágrimas se transforma em lugar de bênçãos, de tesouros de grande valor - você é capaz de entender a maravilha dos tempos de chuva em uma terra seca, árida?


E, amados, conforme Rm 8:18, nosso sofrimento não pode ser comparado com a glória que em nós há de ser revelada.
Enquanto prosseguimos, nossa força aumenta - e finalmente chegará o dia em que veremos ao Senhor, Deus dos deuses [v 7].

Estas não são boas novas maravilhosas? Que bom saber que vale a pena seguir adiante, ainda que gemendo e chorando, na estrada que nos leva à Jerusalém celestial!!

Não desprezemos esta Boa Nova! Lembremo-nos que felizes são aqueles que confiam no Senhor! [v12] Amém!

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

...: Havia uma trave no meio do caminho... :...


Desde 5ª-feira (19/11) estou penando com um terçol – primeiro no olho esquerdo, e agora (23/11) no direito. Sempre os tive, mas nunca havia chegado a este ponto – nem neste lugar: bem no meio do olho.

Arde, dói, incomoda, atrapalha a minha visão – mesmo o que está bem à minha frente!

Depois do que me aconteceu, não tive como não pensar em Mt 7: 1 – 6. Eu creio que, aqui, Cristo condenava o julgamento como juízo de valor que fazemos das pessoas quando estas não agem de acordo com nossas expectativas, ou de acordo com nosso entendimento.

Em João 7:24, Cristo nos diz que não devemos julgar segundo a aparência, mas segundo, conforme a reta justiça – ou seja, conforme a Sua santa Palavra. A Bíblia é o parâmetro divino pelo qual devemos pautar a nossa vida, e daí fazer qualquer crítica – não julgamento de valor!

Nos versos de 3 a 5, de Mt 7, o Senhor Jesus Cristo nos mostra a necessidade da auto-crítica, do auto exame. Não é ‘curioso’ ver como somos benevolentes com as nossas falhas, mas implacáveis com as falhas dos outros?

Nestes versos, porém, o Senhor têm como trave [ou viga] a falha, o pecado do julgador, e como cisco a falha do julgado. Antes de criticar, precisamos nos examinar: Sl 119:9, Rm 8: 12 – 17.

Na TV, internet, revistas, músicas, filmes, livros, entre tantas outras mídias, e o tempo todo, há uma tentativa deliberada de nos convencer que nada é pecaminoso – quem faz isto é satanás, porque o mundo inteiro jaz no maligno, como nos alerta o apóstolo João, em I João 5:19.

Um autor chamado Herb Vander Lugt disse:

Uma atitude permissiva para com o mal vai nos levar a cair em pecado. Por isso, devemos lutar de forma radical com toda a sorte de maldade. Jesus foi tão longe a ponto de dizer que deveríamos arrancar o nosso olho, se ele nos conduz ao pecado [Mt 5:29]. Ele (Cristo) não quis dizer que devemos mutilar os nossos corpos, mas devemos fazer algo sério quando somos tentados a pecar.

Livros, revistas ou imagens de vídeo que despertam desejos maus, devem ser evitados deliberadamente.

É isto o que Paulo tinha em mente quando disse para “mortificardes as obras do corpo” [Rm 8:13]”

Amados, sabe quando conseguimos fazer isto? Segundo o autor Herb Vander Lugt, para evitar ser tentado pelo fruto proibido, permaneça longe do pomar do diabo.

Eu creio, conforme a Palavra, que quando nos esvaziamos das nossas vontades e nos enchemos do Espírito Santo de Deus, quando preferimos à vontade de Deus para nossas vidas: uma vontade boa, perfeita e agradável [cf Rm 12:2]

E sabe como nos enchemos do Espírito Santo? Quando preferimos a vontade de Deus?

...: continua :..

...: Em construção [conclusão] :...


Oie! =]

Finalmente, vamos concluir as observações sobre a leitura de I Reis capítulos 5, 6 e 7: 13 - 51.

Lamento mesmo, amados, pela demora. No post seguinte, vocês poderão ver um pouquinho o motivo da demora...

No amor de Cristo Jesus, Senhor e Salvador nosso,

Andreia =]

5) Há espaço suficiente para o exercício dos dons no trabalho do Senhor. [I Re 5: 1-3, 6-8, 13-18, I Re 7:13 - chamado para o trabalho e divisão das tarefas (comparar com Rm 12: 4-8); I Re 6: 18, 23-29, 32, 35 - qualidade do trabalho, e demonstração da beleza e majestade do Senhor]

Este exercício deve ser feito com zelo, buscando oferecer o melhor para Deus - pois a Ele pertence toda a glória. Devemos procurar realizar o trabalho de tal forma que demonstre a glória e majestade d´Ele.

6) O trabalho para o Senhor não pode ser feito de qualquer jeito. É importante - fundamental! - seguir às ordens dadas, ainda que não a entendamos ou que concordemos com ela . [I Re 7:31 ]

É importantíssimo se submeter à autoridade [Deus primeiramente, mas também aos pastores, presbíteros...] e às ordens dirigidas a nós. Na referência supracitada, os desenhos do enfeite deveriam ser quadrados, não redondos.

7) O trabalho para o Senhor nunca é vão. [I Re 7: 40-45; 47]

Todo o trabalho, toda a atividade no Templo era conhecida do Rei Salomão, e principalmente por Deus - que nos fez conhecer esta história.

Ainda que não realizassem o registro da quantidade de cada material necessário para a confecção de cada utensílio a ser utilizado no Templo, seria possível ter uma noção aproximada, com base nos materiais utilizados e no seu peso, por exemplo. O que importava, porém, era o resultado: um utensílio pronto para ser usado na Casa de Deus.

Para o Senhor, o resultado do trabalho que oferecemos para Ele é caríssimo: custou a vida de Seu Filho amado.

Nosso trabalho, ainda hoje, é construir o templo, através da pregação do evangelho: quando nos tornamos crentes em Cristo Jesus, e o Espírito Santo habita em nós, não nos tornamos templo dEle? [Veja I Co 6: 19 e 20].

Temos que ir e pregar o Evangelho - Mt 28: 19, 20 (a). Em Salmos 49: 7 -9, vemos:
v 7 - Ninguém pode remir a seu irmão, ou dar a Deus o resgate dEle
v 8 - (pois a redenção da sua alma é caríssima, e seus recursos se esgotariam antes),
v 9 - para que vivessem para sempre, e não visse a corrupção.

O valor de uma alma é incomparável!!

8) Ao concluir o trabalho, devemos trazer tudo o que foi consagrado ao Senhor para Seu tesouro. [I Re 7: 51]

A construção física do Templo fora concluída. Então, Salomão trouxe ouro, prata, e outros objetos consagrados, dedicados à Casa do Senhor por seu pai [Davi].

Amados, temos que ir, pregar o evangelho e, se a pessoa for convencida pelo Espírito Santo de Deus, mediante a pregação
[Rm 10: 1 a 17], do pecado, da justiça e do juízo, conforme João 16: 8-11, e decidir abandonar o mundo e receber a Cristo Jesus como seu Senhor e Salvador - esta pessoa, ou este tesouro, deve ser levado para o templo - aqui entendido tanto como o ajuntamento com outros irmãos, como a igreja local, onde a comunhão é estabelecida.

Já ouvi, e lamento dizer que isto tem sido prática em alguns locais de formação de pastores ou missionários*, que o importante é ganhar a pessoa para Cristo - como dizemos no evangeliquês. =]

Para este grupo, não importa onde, e se a pessoa estará ligada a uma igreja: o importante é que ela seja salva.

Amados, concordo que a salvação é primordial. Só que temos sim que guiar, cuidar, auxiliar os novos irmãos na fé - e um dos principais locais para isto é na igreja local.

Na igreja onde congrego, tanto fazemos o discipulado na casa do novo convertido, se for possível, quanto no local. Além do discipulado, há a escola dominical, a Santa Ceia do Senhor [que realizamos todo domingo], o culto de evangelização e oração. [Conforme Atos 2: 42].

Este novo irmão é um bebê, um tesouro precioso, e deve ser cuidado com todo o amor, cuidado e dedicação possível. Seu alimento deve ser adequado à sua maturidade [veja I Pe 2: 2, I Co 3: 1-3], mas este bebê deve ser alimentado todo dia [pela igreja local, se possível, e também em seu momento devocional diário].

Ninguém tem uma jóia de alto valor, e a deixa jogada por aí, à vista do ladrão. O diabo é o ladrão, que só vem a roubar, matar e destruir
[Jo 10: 10a]. Então, não deixemos uma alma preciosa à mercê de suas garras.

Que o Senhor Deus, que vive e reina para sempre, possa acrescentar mais entendimento aos nossos corações. Em nome de Cristo Jesus eu clamo, Amém!

.......
* Não refiro-me a qualquer instituição de ensino teológico em particular, somente ao fato de que vi esta ideia sendo defendida por irmãos que frequentaram uma instituição de ensino teológico.

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

...: Saudade :..



Oie! =]


amados irmãos e amigos que dedicam seu tempo precioso para visitar este quintal virtual =]


Em primeiro lugar, louvo a Deus pela vida de vocês, que leem, oram e acompanham este blog. Minha oração é de bênçãos de toda sorte para sua vida, querido leitor, mas especialmente, de sabedoria e discernimento - elementos fundamentais nestes tempos tão difíceis em que vivemos.


Este pequeno post é para, além de agradecer as visitas, pedir desculpas pelo sumiço...final de ano é sempre corrido, e fiquei uma semana sem acesso a internet e note...com pesar me despedi de um pinguim....


...e teve apagão, muito calor, tempestade, mais calor de novo...muito trabalho....quando me dei conta, passou o tempo, e não compartilhei a segunda parte do estudo [o que farei amanhã, dia 18/11, prometo!!].


O resultado disto tudo?


...Saudade...


...saudade de ter tempo para as coisas que gosto, como escrever, compartilhar o que o Senhor tem me ensinado....saudade de conversar com os amigos, ligados pela fé, pelo amor, e pela internet, nos bancos dos jardins que a vida nos oferece....


...saudade de poder parar, sem pressa, e simplesmente contemplar a natureza, a comunhão com os irmãos....fazer a inscrição pro curso de ginástica [apesar da recomendação de Paulo para Timóteo - da qual sou fiel defensora, o lance são ordens médicas...hehehehe], terminar meu cachecol [o que definitivamente vai ficar pro ano que vem....a média de temperatura aqui fica na casa dos 36 graus celsius....hehehehe]...


...mas, glórias a Deus, que tem me aberto os olhos em tempo de corrigir estes deslizes....


Que o Senhor nos ajude a manter os olhos n´Ele [Hb 12:1-3], buscando em primeiro lugar fazer a Sua Santa vontade [Mt 6:33, Rm 12:1-3, Ef 5:17].


Um fraterno abraço,


no amor de Cristo Jesus, Senhor e Salvador nosso


Andreia =]

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

...: Em construção [parte I] :...



Oie! =]

Já passou por reformas em casa, ou no trabalho? Complicado, não é mesmo?

Fora o pessoal da área, acho pouco provável encontrar alguém que goste....até porque, geralmente lembramos do lado chato da coisa: barulho, sujeira, gastos...

Em I Reis capítulos 5, 6 e 7: 13 - 51, vemos sobre a construção do Templo do Senhor Deus. A partir desta leitura, anotei algumas ideias que compartilho com vocês, queridos leitores. =]

1) O trabalho de construção só pôde avançar no período de paz, ou seja, no período em que o povo não se preocupava com outras coisas [no caso, guerras ou calamidades]: I Reis 5: 4,5

Em Mt 6:33 somos lembrados a buscar em primeiro lugar o Reino de Deus, e todas as demais coisas virão depois.

2) A construção do Templo foi muito bem planejada, cuidadosa: I Reis 6: 6b e 7 [abaixo, segue a versão da Bíblia Viva]

"6b - Os quartos estavam ligados às paredes do templo de modo que as vigas não entrassem nas paredes.
7 - As pedras usadas na construção do templo eram preparadas na própria pedreira, de modo que toda a estrutura do templo foi construída, sem que se ouvisse o som de martelo, de machado ou de qualquer outra ferramenta no local da construção"


Para que as vigas não entrassem nas paredes e para que não houvesse barulho das ferramentas, foram necessárias horas de estudo e planejamento, para que a obra fosse feita de modo agradável ao Senhor, e também aos vizinhos da construção.

3) Nosso trabalho para o Senhor não pode nos impedir de ouví-Lo: I Reis 6: 11 - 13

Devemos cuidar do Templo do Senhor [seja o local onde nos reunimos, seja nosso corpo, cf I Co 6: 18-20], enfeitá-lo, deixar agradável a vista, em ordem. Mas, se não O obedecermos, de nada adiantará.

O sacrifício que Ele requer de nós é a obediência aos Seus mandamentos, à Sua vontade [sempre boa, perfeita e agradável, cf Rm 12:2], e um amor sincero, veraz [compare, ainda, com Ageu 2: 1- 9, Mc 12: 28 - 34].

4) O trabalho para o Senhor tem começo, meio e fim: I Reis 6: 1, 14, 37 e 38.

Os planos do Senhor para nós podem se concretizar no futuro, mas são realizados dia-a-dia.

...: Continua :...

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

...: ..para todas as outras coisas existe o Iurdicard :...

Oie! =]

Sabe qual a novidade no mercado financeiro? O Banco do bispo!

"Este banco tem recomendação 5 estrelas para os clientes", conforme afirmação dos profetas, digo, gerentes - ambos apreciadores, ou melhor dizendo, amantes do dinheiro.

Este novo negócio com um público alvo de, aproximadamente, 8 milhões de pessoas [somente no Brasil] promete abalar as estruturas do sistema financeiro nacional.

"Além de operações conhecidas e regulamentadas pelo SFN, há de se considerar toda nossa tradição e larga experiência, inclusive internacional, na teologia, digo, no conhecimento da prosperidade nos moldes de Gizuz" - afirmou o gerente principal do Banco do Bispo.

Já confirmaram presença na cerimônia de abertura da nova Instituição Bancária o casal Herrnandez - especialistas em transações internacionais de verdinhas, digo, divisas, o apóstolo Benê Nota Nova - consultor de investimentos do setor aéreo, Marco [Alemão, Finlandês ou Euro mesmo] Feliciano, e o profeta das revelações financeiras para o Brasil [porquê os USA estão em crise mesmo....]: Morres Cerullo.

Já adiantaram, também, uma das músicas escolhidas a dedo para o evento: Restitui....[rs]

.
.
.

Brincadeiras à parte, já que o negócio tá feio, compartilho o texto falando sobre o valor da Palavra de Deus para nós, que segue abaixo.

Deus te abençoe! [e nos guarde destas furadas!]

Andreia =]

Há muitos anos, existiu um homem muito rico que no dia do seu aniversário convocou a criadagem a sua sala para receberem presentes.

Colocou-os a sua frente na seguinte ordem: cocheiro, jardineiro, cozinheira, arrumadeira e o pequeno mensageiro. Em seguida, dirigindo-se a eles, explicou o motivo de os haver chamado até ali e, por fim, fez-lhes uma pergunta, esperando de cada um a sua própria resposta.

Essa foi a pergunta feita:
- O que prefere você receber agora: esta Bíblia ou este valor em dinheiro?

- Eu gostaria de receber a Bíblia – Respondeu, pela ordem, o cocheiro – Mas, como não aprendi a ler, o dinheiro me será bastante mais útil!
Recebeu então a nota, de valor elevado na época, e agradeceu ao patrão. Esse pediu-lhe que permanecesse em seu lugar.

Era a vez do jardineiro fazer a sua escolha e, escolhendo bem as palavras, falou:
- Minha mulher está adoentada, e por esta razão tenho necessidade do dinheiro. Em outra circunstância escolheria, sem dúvida, a Bíblia.
Como aconteceu com o primeiro, ele também permaneceu na sala após receber o valor das mãos do patrão.

Agora, pela ordem, falaria a cozinheira, que teve tempo de elaborar bem a sua resposta:
- Eu sei ler, porém, nunca encontro tempo para sequer folhear uma revista. Portanto, aceito o dinheiro para comprar um vestido novo.

- Eu já possuo uma Bíblia e não preciso de outra. Assim, prefiro o dinheiro - informou a arrumadeira, em poucas palavras.

Finalmente, chegou a vez do menino de recados. Sabendo-o bastante necessitado, o patrão adiantou-se em dizer-lhe:
- Certamente você também irá preferir dinheiro, para comprar uma nova sandália, não é isso, meu rapaz?

- Muito obrigado pela sugestão. De fato estou precisando muito de um calçado novo, mas vou preferir a Bíblia. Minha mãe me ensinou que a Palavra de Deus é mais desejável do que o ouro - disse o pequeno mensageiro.

Ao receber o bonito volume, o menino feliz o abriu, e nisso caiu aos seus pés uma moeda de ouro.

Virando outras páginas, deparou-se com outros valores em notas. Vendo isso, os outros criados perceberam o seu erro e, envergonhados, deixaram o recinto.

A sós com o menino, disse-lhe comovido o patrão: “Que Deus o abençoe, meu filho, e também a sua mãe, que tão bem o ensinou a valorizar a Palavra de Deus.”

Autor desconhecido

terça-feira, 3 de novembro de 2009

...: Sob a luz de um abajour :...


Oie! =]

amados, vocês já pararam para pensar no constante amor do Senhor por nós?

Em como Ele amorosamente responde às nossas perguntas, aquelas que não ousamos nem mencionar em voz alta, nem pra mãe ou melhor amigo, entendendo nossas fraquezas mas, principalmente, nos ajudando a superá-las com Ele? =]

E, pensaram, ainda, em como falhamos miseravelmente em retribuir este amor a Ele? Se retribuíssemos ao nosso Senhor ao menos a metade do modo como retribuimos a uma pessoa a quem amamos [pais, namorado (a), esposo (a), amigos...] que diferença no mundo veríamos!

O texto que segue abaixo, e que me inspirou ao post de hoje, não é meu...foi escrito pelo irmão David McCasland para O Nosso Pão Diário, relativo ao 4º trimestre de 2003.

Em busca do amor - Leitura João 3: 16 - 21

Um vírus de computador, conhecido como "O caramujo do amor", estendeu-se por todo o globo através do e-mail, contaminando milhões de computadores em menos de 24 horas. Parece que até as pessoas cautelosas como engenheiros de software de alto escalão não puderam resistir em abrir a mensagem que simplesmente dizia: "eu te amo".

Alguns analistas disseram que o sucesso do vírus destruidor do computador revela não só algo a respeito dos anseios do coração humano, como também o que diz respeito à vulnerabilidade dos nossos aparelhos da sociedade cibernética. Lá no fundo, cada pessoa neste planeta terra está à procura do amor.

Não é por acaso que um dos versículos mais conhecidos da Bíblia é João 3:16. Ele diz: "Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nele crê não pareça, mas tenha a vida eterna".

Será que o amor pelo qual tanto ansiamos é o amor de Deus? Será que é justamente Jesus Cristo a pessoa especial que buscamos com tanto anelo? Se for assim, então o aceitar o amor de Deus em Cristo pode transformar nossas vidas de formas notáveis. Esperança, paz e um entusismo pela vida - tudo isso emerge quando estamos "apaixonados" por Jesus.

Quando Deus diz: "Eu te amo", esta é a mensagem que todos estamos buscando. Ela pode mudar nossas vidas.

Como você vai responder-Lhe hoje?

A morte de Cristo é a medida do amor de Deus por você.

E, sabe o que eu fiquei mais triste comigo mesma, ao refletir nesta mensagem? Li esta mensagem confortavelmente em minha cama, sob a luz do abajour [presente carinhoso de mame! thanx mame!], com três bíblias à mão, ventilador [aqui está um calor escaldante...]...

E nossos irmãos em Cristo espalhados neste mundo, perseguidos, presos, famintos, desprezados pela família e pela sociedade? Mesmo com todas as circunstâncias contra si, cientes dos perigos e riscos de morte, vivem e pregam, ainda sem palavras, este evangelho de Amor.

Certa vez, numa aula da pós, um dos palestrantes disse que, aos brasileiros, faltava a vivência de tragédias, conflitos...

Ele disse isto para demonstrar como nossa pacificidade se transformou em indolência, preguiça, morosidade...hoje vejo, a começar em mim mesma, que ele tem razão. É fácil demonstrar amor a quem nos retribui. Mostrar amor a quem mais carece dele é que são elas....E colocar o amor em ação então....

Para finalizar, e exemplificar um belo exemplo de amor em ação, recomendo um texto sobre a "Marcha para Gizuz" que li no excelente Genizah - e que você pode conferir aqui.

Fiquei emocionada ao ler a coragem de 8 irmãos, que enfrentaram as mais de 1,5 milhão de pessoas, contra as heresias cometidas contra o único Deus vivo e verdadeiro.

E com "inveja" santa deles também... =}

Eu já estou pensando, e orando, em como fazer ainda mais com os talentos [veja Mt 25: 14 - 30] que Ele mesmo deu....Lembre-se, amado, que o Senhor nos deu um tesouro [veja II Co 4: 1 , 5 - 7], e podemos multiplicá-lo com as pessoas ao nosso redor! Que privilégio!

Oro para que o Senhor nosso Deus tenha misericórdia de nós, e nos ajude a sermos úteis e dignos dEle!

Com carinho, no amor de Cristo Jesus, Senhor e Salvador nosso,

Andreia =]

domingo, 1 de novembro de 2009

...: Esta noiva não está em fuga :...



Oie! =]

Leram a revista Veja desta semana? A matéria de capa intitulada "O Fim do Mundo", traz a pergunta: "(...) por que continuamos a acreditar em profecias finalistas apesar de todas elas terem fracassado redondamente?"

Nesta matéria, além de ficar evidente a descrença do jornalista, ele aponta os erros cometidos por adventistas, testemunhas de Jeová, anabatistas, teólogos, astrólogos...

Falando de modo breve e superficial da Bíblia, e citando as impressões de Thomas Jefferson e Bernard Shaw, o jornalista setencia: "Delírio ou visões, o Livro do Apocalipse explica tudo".

Mas, quer ele creia, ou não, não somente o livro de Apocalipse, mas toda a Bíblia explica não somente sobre o fim, mas sobre a origem de tudo - do mundo, do pecado, da redenção, do fim do mundo, de novos céus e nova terra, da eternidade com Deus....

Judas, nos versos 14 e 15, relata que Enoque foi o primeiro a profetizar a vinda de Cristo Jesus perante a geração de seus dias, no Antigo Testamento [AT].

No Novo Testamento [NT], o próprio Cristo afirma que voltará - veja João 14:3 e Apocalipse 20:22.

Ainda no NT, na Ceia do Senhor somos lembrados que Ele voltará - I Co 11:26.

Ao contrário de muitos que afirmam seguir ao Senhor, e datam Seu retorno, a Bíblia informa cristalinamente que não sabemos o dia, nem a hora. Contudo, sabemos que o Senhor voltará, como vem o ladrão à noite - quando não estamos esperando, em segredo, apressadamente, buscando o melhor - veja Mt 24: 36 - 44 [abaixo, na versão da Bíblia Viva]

36 - Mas ninguém a data e a hora em que o fim virá - nem mesmo os anjos. Não, nem ainda o Filho de Deus. Só o Pai Sabe. 37, 38 - O mundo estará distraído em banquetes, festas e casamentos - tal como foi no tempo de Noé, antes da vida repentina do dilúvio; 39 - O povo não queria acreditar no que estava para acontecer, até que o dilúvio realmente veio e os levou a todos. Assim será na minha vinda. 40 - Dois homens estarão trabalhando juntos no campo; um será levado, e o outro será deixado. 41 - Duas mulheres estavam cuidando dos seus trabalhos caseiros; uma será levada, e a outra será deixada. 42 - Portanto, estejam preparados, porque vocês não sabem em que dia o seu Senhor vem. 43 - Tal como um homem pode evitar problemas com os ladrões mantendo vigilância contra eles, 44 - assim também vocês podem evitar dificuldades, estando sempre prontos para a minha volta inesperada.

Diante disto, como devemos esperar o dia da vinda do Senhor? Vejamos 2 Pe 3: 1 - 15a, 17 e 18. [e veja, também, I Ts 5: 1 - 11]

1 e 2 - Esta é a minha segunda carta a vocês, queridos irmãos, e em ambas eu tenho procurado relembrar-lhes - se assim me deixarem - fatos que vocês já conhecem: fatos que aprenderam dos santos profetas e de nós, os apóstolos, que lhes trouxemos as palavras do nosso Senhor e Salvador. 3 - Em primeiro lugar, desejo lembrar-lhes que nos últimos dias haverá escarnecedores que farão todo o mal que eles mesmos puderem imaginar, e se rirão da verdade. 4 - Esta será a sua maneira de argumentar: "Jesus prometeu voltar, não foi? Então, onde está Ele? Ele não virá nunca! Ora, até onde qualquer um pode lembrar-se, tudo tem permanecido exatamente como era desde o primeiro dia da criação". 5 e 6 - Eles esquecem deliberadamente este fato: Deus destruiu o mundo com um poderoso dilúvio, muito tempo depois que Ele tinha feito os céus pela palavra da sua ordem, e tinha utilizado as águas para formar a terra e cercá-la. 7 - E Deus ordenou que a terra e os céus sejam reservados para uma grande fogueira no dia do juízo, quando todos os homens ímpios perecerão. 8 - Mas não se esqueçam disto, queridos amigos: que um dia, ou de hoje a mil anos, é para o Senhor como o dia de amanhã. 9 - Ele não está sendo vagaroso com a sua volta prometida, embora por vezes pareça assim. Mas Ele está esperando, pela boa razão de que Ele não quer que ninguém pereça, e está dando mais tempo para os pecadores se arrependerem. 10 - O dia do Senhor virá com toda a certeza, tão inesperadamente como um ladrão, e então os céus desaparecerão com um terrível estrondo, e os corpos celestes serão consumidos pelo fogo e a terra e tudo quanto está nela será queimado. 11 - E assim, já que tudo ao nosso redor se derreterá, que vidas santas e piedosas nós devemos viver! 12 - Vocês devem aguardar ansiosamente aquele dia e apressá-lo - o dia quando Deus ateará fogo aos céus, e os corpos celestes se derreterão e desaparecerão em chamas. 13 - Nós, porém, estamos aguardando ansiosamente a promessa divina de novos céus e nova terra depois disso tudo, onde só existirá a virtude.

Além destas recomendações, veja Mateus 25: 14 - 30, que nos alerta sobre o trabalho que devemos fazer, e trabalho com qualidade!

Amado leitor, como está em Êxodo 5: 3a, o Senhor já veio ao nosso encontro - no AT, através dos profetas - por exemplo, no NT, em Cristo Jesus. Agora cabe a você decidir encontrar-se com Ele. Vá ao Seu encontro enquanto há tempo! Não perca esta preciosa oportunidade!

Se você já tem seu nome inscrito no Livro da Vida, mas conhece alguém que ainda não O conhece, e achou este texto bacana, fique à vontade para compartilhar os textos do blog. Nosso papel, como servos do Senhor Deus, é somente carregar a semente. Quem a faz frutificar é o Ele, o poderoso agricultor.

Com carinho, em Cristo Jesus,


Andreia =]

...: Meus dias com Salomão :...




Oie! =]


Passei poucos mas excelentes dias em Araçatuba, agradável cidade do interior paulista, nestes dias de férias - aliás, meu eterno agradecimento e amor pela vida da irmã Raquel, que me acolheu tão carinhosamente bem! O Senhor Deus irá recompensá-la pelo seu zelo e amor!

Em um destes dias, participei de um Chá de Panelas - um encontro entre as amigas da noiva, onde brincamos e oferecemos presentes para esta nova etapa da vida, e depois conversamos e comemos muito! =]

Em determinado momento daquela tarde cheia de brincadeiras, uma moça que estava coordenando a atividade pediu que algumas amigas da noiva lhe dessem conselhos para a vida nova, que em mais alguns dias se inicia....

Já comentei com vocês, amados leitores, que voltei ao bom hábito de ler Provérbios....Lendo o texto de hoje, Pv 31, ao ver o cuidado da mãe do Rei Lemuel com ele, em oferecer boas palavras, bons conselhos, lembrei-me daquele dia...

Aqui no Brasil temos um ditado popular que diz que se conselho fosse bom, não se dava, vendia!. Mas a Bíblia, em Provérbios, logo no 1º capítulo, verso 2, diz:
"Estes provérbios nos ajudam a dar valor à sabedoria e aos bons conselhos e a entender os pensamentos mais profundos" [versão da Nova Tradução na Linguagem de Hoje]

Como é díficil encontrar alguém que saiba dar um bom conselho - embora todo mundo que o dê, tenha a convicção de que o faz bem...Naquela tarde mesmo, só achei bom o conselho dado pela avó da noiva...

E não quero condenar aqui quem busca aconselhamento - voltando à Provérbios, o verso 22 do capítulo 15 diz: "Sem conselhos os planos fracassam, mas com muitos conselheiros há sucesso". [NTLH]

Mas, quando você precisa de orientação, de um conselho, a quem busca primeiro? Em que está fundamentado o conselho que você recebe?

A Palavra diz que o Senhor é Conselheiro [Isaías 9:6], e em Jeremias 32:18b e 19a está escrito: "Tu és grande, o poderoso Deus cujo nome é o Senhor dos Exércitos, grande em conselho, e magnífico em obras."

Mais adiante, o Senhor fala a Jeremias [e a mim e a você também!]: "Clama a Mim, e responder-te-ei e anunciar-te-ei coisas grandes e ocultas, que não sabes" [Jr 33:3]

O autor do primeiro capítulo de Salmos nos adverte que feliz é aquele que não anda segundo o conselho dos ímpios [Sl 1:1], e Asafe diz, sobre o Senhor: "Tu me guias com os teus conselhos e no fim me receberás com honras" [Sl 73:24 - NTLH]

Então, amado leitor, por que não buscar a orientação, o conselho do Senhor hoje, agora mesmo, sobre o que inquieta seu coração e oprime seu espírito? Por que não pedir ao Senhor que o dirija para um conselheiro que o oriente conforme a Santa Palavra de Deus?

"As pessoas podem fazer seus planos, porém é o Senhor Deus quem dá a última palavra" - Pv 16:1.
[NTLH] Amado, fique sempre com a Palavra infalível, inerrante e fiel do Senhor Deus!

Com amor, em Cristo Jesus, Senhor e Salvador nosso,

Andreia =]

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

...: O Judas e o Jesus do Presidente Lula :...



Na rotina de férias, confesso, deixei de assistir jornal ou mesmo xeretar com mais cuidado as notícias divulgadas na internet....isto, até agora à noite, ao ouvir no noticiário a frase dita por aquele que deveria, entre outras coisas, honrar o cargo do qual está - graças a Deus!! - temporariamente revestido.


Para quem 'pegou o bonde andando', como se diz, aconteceu o seguinte: em uma entrevista publicada hoje, 22/10, no jornal "Folha de S. Paulo", o presidente brasileiro utilizou a seguinte - e infame! - metáfora [?] para explicar os acordos eleitorais feitos no país: "Se Jesus Cristo viesse para cá (Brasil), e Judas tivesse a votação num partido qualquer, Jesus teria de chamar Judas para fazer coalizão".

O 'Jesus' do presidente Lula não somente concorda com o pecado, como faria um acordo com o pecador, de modo a entrar no esquema deste. O 'Judas' do presidente é o cara. Sem 'Judas', o 'Jesus' do presidente não governaria nosso país.
.
.
.
Conclui em abril uma pós-graduação em Planejamento Estratégico, através de um convênio entre uma universidade particular e a Adesg - Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra.

No CEPE - Ciclo de Estudos de Política e Estratégia, posso dizer que reaprendi o valor da cidadania e da nacionalidade, ao estudar e conjugar vários elementos de conjuntura, regional, nacional ou internacional, considerando o desenvolvimento e a segurança nacional neste contexto, com justiça social.

E, sendo remanescente de uma geração que ainda foi - vejo hoje - presenteada com aulas coerentes de educação moral e cívica e criada numa família que ensinou o valor e o respeito devido às instituições - igreja, família, governo, etc, vejo com grande tristeza mais uma das muitas gafes do presidente.

Mas esta doeu mais ainda.

Desde que fui resgatada graciosa e amorosamente pelo Senhor Jesus Cristo, há pouco mais de 9 anos, descubro as maravilhas de pertencer-Lhe, e a cada dia aprendo mais e mais com Ele. E uma das coisas que aprendi é que "Bem-aventurada é a nação cujo Deus é o Senhor" [Salmos 33:12]

A Bíblia nos lembra de nossos deveres cívicos - obedecer às leis [Ec 7:26, 8:2], pagar os tributos [2 Cr 17:11, Mt 17:27, 22:21, Rm 13:6], ser sujeito as autoridades [Rm 13:1, Tt 3:1, I Pe 2:13,14], e nos exorta a honrar nossos líderes [Ec 20:10, At 23:5, I Pe 2:17].

Confesso que tenho muito o que orar e me corrigir neste último item...aliás, eu e muita gente - ou vai dizer que você nunca falou mal do presidente?

Pela Bíblia sabemos, ainda, as bênçãos resultantes da justiça cívica [Pv 11:11, 14:34, 16:12, 25:5, Is 32:16, 33:5, 54:14], e os exemplos de patriotismo [2 Sm 10:12, todo o livro de Neemias].

E, finalmente, a Bíblia têm advertências sérias para os líderes - que devem ser sábios e íntegros [Pv 24: 23, 25:2, 31:4], justos e prudentes [2 Sm 23:3, 2 Cr 19:6, Sl 2:10, Pv 29:4], verdadeiros, amorosos e fiéis [Pv 20:28, 29: 4 e 14].

O Senhor Deus condena o que perverte a lei [Dt 27:19, Is 3:14], aceita suborno [Êx 23:8, Sl 26:10], quem é corrupto [Os 5:10, Mq 3:1, 7:3]...

Sabendo disto tudo, definitivamente, lamento por ver que o presidente não conhece o Senhor Jesus Cristo, e toda a Verdade revelada na Sua Santa Palavra. Lamento pelo país, que não desfruta da felicidade de pertencer a um Deus Vivo, Poderoso, Misericordioso, Justo...

Hoje, infelizmente, vivemos os efeitos de viver com o 'Jesus' do presidente Lula [e de muitos outros ex-presidentes e políticos em geral]: Corrupção, imoralidade, violência [em breve, teremos um post sobre a violência no Rio de Janeiro]...

Amados, vamos orar pelos nossos governantes, até por que teremos outras eleições logo, logo. Mas, vamos fazer nossa parte também: pesquise a vida do seu candidato, veja com quem ele se associa, que tipo de ideias defende...

E que o Senhor Deus, que vive e reina para sempre, tenha misericórdia de todos nós.

Nós suplicamos a Tua graça, ó Pai, em nome e pelo amor de Cristo Jesus, Senhor e Salvador nosso, Amém!


segunda-feira, 19 de outubro de 2009

...: Você está preparado para voar? :...


Oie! =]

Há algum tempo fiz uma viagem de avião. Confesso que não gosto muito, e sempre que preciso voar tomo alguns cuidados – e sempre, sempre, leio as instruções de segurança, ainda que os gentis e prestativos comissários de bordo expliquem detalhadamente, inclusive com exemplos. [lembra da coreografia das portas de emergência e das máscaras de oxigênio??]

Opa, vamos começar do começo: antes de voar, precisamos do cartão de embarque. Sem ele, não podemos entrar no avião.

Para entrar nos céus, também preciso de algo que comprove que posso entrar. Vejamos 2 Co 1: 21 e 22.

Bom, estou com o cartão, entro no portão e ouço as instruções para decolagem: manter-se reto, de cintos atados e não fumar . Há ainda a instrução, especialmente para nós meninas, de não usarmos sapatos de salto [alto].

Em 2 Tm 2:19 e Ef 4: 1 – 3, temos registrado o desejo de Deus Pai, e Deus Filho, sobre o comportamento esperado do crente: boa conduta, não se contaminar e ser humilde. Ainda na carta paulina aos Efésios [cap 6: 14], somos advertidos a nos mantermos firmes, tendo os lombos cingidos com a verdade.

A verdade da Palavra de Deus nos manterá sempre seguros. A versão da Bíblia Viva de Provérbios 19:23 diz: “A obediência e o respeito ao Senhor produzem uma vida feliz; dão satisfação e segurança ao homem”.

Uma vez a bordo da aeronave, também somos advertidos sobre a possibilidade de cair, ou melhor, ficar em posição de impacto. É preciso ficar com o cinto atado, e então devemos segurar nossas pernas, ou ainda cruzar os braços sobre a cabeça. É ressaltado que, além de não poder usar salto, não podemos carregar nossos pertences.

Nos momentos de impacto que acontecem em nossa vida – problemas de saúde, finanças, com membros da família, ou igreja, entre outros que nos desestabilizam, podemos nos achegar a Deus, clamando por Seu socorro, confiantes de que Ele nos ouvirá – veja Isaías 57: 15.

Quem já passou por alguma turbulência no ar, sabe que, nestas horas, não adianta recorrer às coisas materiais para se firmar, buscar segurança. A Bíblia confirma isto, há muito mais tempo, em I Tm 6: 7.

Existem muitas outras instruções para voar em segurança.

Deus nos deixou muitas instruções para prosseguirmos nossa vida com segurança também. Para ter acesso a esta vida com Deus, é preciso ter Cristo Jesus como Único e Suficiente Salvador, conforme João 14:6.

Se você ainda não se rendeu ao Amor que o Senhor Deus ofereceu graciosamente a cada um de nós, manifestado em Jesus Cristo, não perca a oportunidade. Buscai ao Senhor enquanto se pode achar; invocai-O enquanto está perto, exorta Isaías [em Isaías 55:6].

Se – amém! - você leitor já desfruta da salvação, deixo para meditação os versos de Mt 5: 14 – 16.

Quando voava, via na escuridão as luzes das cidades, e pensei comigo: será que é assim que Deus me vê?...

Então, amados, vamos brilhar, resplandecer a glória do Senhor, exalando em todo o lugar o cheiro da Sua salvação. Amém!

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

...: Jóia preciosa - conclusão :...



...: Continuação :...

Da Perseverança [verso 4] – ou persistência. Com esta pedra preciosa, Deus está nos estimulando para seguir sempre em frente, apesar da oposição ou fracasso [veja também Tg 1: 25, II Tm 2: 11, 12, Fp 2: 13 e 4:13].

Nós continuamos em frente, porque o Senhor é a nossa força! [veja Hb 12: 2, Ef 6: 10]

Do caráter [verso 4] – uma versão da Bíblia diz que a perseverança produz um caráter aprovado, ou seja, produz em nós um conjunto de boas qualidades, que permitirão que sejamos agradáveis ao Senhor Deus, e também dos homens.

Não temeremos estar diante da Sua Santa presença, ao contrário, seremos revestidos de reverente confiança! [veja Sl 25:3]

Da esperança [verso 5] – esta aliança, como podemos ver até aqui, nos coloca num relacionamento ativo e contínuo com o Senhor Deus. Em Rm 12: 12 está escrito: Alegrai-vos na esperança, sede pacientes na tribulação, perseverai em oração.

Em outras palavras: alegrem-se na esperança, na confiança pelas promessas, tenham paciência enquanto aguardam seu cumprimento e perseverem, persistam em falar com Deus – que fala conosco através da Sua Palavra, que nos dá esperança....

Que círculo virtuoso que podemos viver, desde agora!

Do amor [verso 5] – o amor de Deus é a base desta aliança, o fundamento da Sua fidelidade e a razão pela qual Ele escolhe a cada um de nós – com quem Ele deseja estabelecer esta reconciliação hoje, agora!

O dicionário define amor como “o sentimento de apreciação por alguém, acompanhado do desejo de lhe fazer o bem”.

Deus, querendo o nosso bem, deu o Seu Filho Jesus Cristo como prova deste amor [veja Rm 5:8] – e Cristo deu a Sua vida para que eu e você possamos estar novamente com o Pai, desfrutando de todas as bênçãos que só Ele pode nos dar. [bênçãos infinitamente e incomparavelmente melhores que coisas materiais]

O que eu mais gosto nesta passagem é o fato do amor de Deus estar derramado em nossos corações – quer dizer que é muito amor...grande amor...infinito e incomparável amor que Deus tem para cada um de nós, como se somente existisse uma pessoa para Ele dedicar o Seu amor!

Isto não é maravilhoso? =]

Você deseja reconciliar-Se com Deus, aceitando hoje esta aliança? Quer assumir este compromisso de amor eterno com Ele?

Minha oração sincera é para que sua resposta seja sim.
.
.
.
Um carinhoso abraço,

no amor de Cristo Jesus, Senhor e Salvador nosso,

Andreia =]

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

...: Jóia preciosa - parte I :...




Oie! =]


Abaixo, outro estudo do Chá das Amigas, que extraí e aprofundei de uma sugestão de estudos da Bíblia Thompson.

Oro para que você, amado leitor, seja tão edificado quanto eu.

Com amor de Cristo Jesus, Senhor e Salvador nosso,


Andreia ;]

.
.
.
Jóia preciosa – parte I

Que mulher consegue resistir a um belo par de brincos? Ou a um anel com alguma pedra preciosa, ou mesmo um colar de pérolas? Ah, todas gostamos de uma jóia, não é mesmo?

A Bíblia relata amuletos, braceletes, pulseiras, correntes, anéis, argolas, pendentes, sinetes, colares e diademas como jóias do período. E Deus oferece a nós, ainda hoje – e só Ele sabe por quanto tempo ainda – uma aliança com pedras muito preciosas.

É a aliança da reconciliação.

Nossa leitura principal será de Romanos 5, versos de 1 a 5. Mas, voltando à nossa jóia preciosa, vejamos as pedras que ela tem:

Da fé [verso 1] – a morte de Cristo no Calvário nos redime dos nossos pecados, que nos separam de nosso Criador, e nos reaproximam dEle. Como se fosse pouco ser liberto dos pecados e, da culpa que atormenta nossa mente e inquieta nosso coração, ganhamos vida e vida eterna com Ele – somos libertos e salvos da condenação e morte eterna que merecem nossos pecados.

Entende esta poderosa verdade?

Quer compreender esta verdade?

Cristo é nosso Salvador – único e suficiente, enviado por Deus - e fé é acreditar nesta verdade. Hb 11:6 diz que: “sem fé é impossível agradar a Deus, pois quem se aproxima precisa crer que Ele existe e que recompensa daqueles que O buscam”.

Fé é confiar em Deus e em Cristo, e na Sua infalível, inerrante e maravilhosa Palavra.

Da Paz [verso 1]
– a Bíblia diz que “Quem nEle crê não é condenado, mas quem não crê já está condenado (...) - João 3:17.
Não há paz para aquele que se sente condenado - só a expectativa e sofrimento pelo cumprimento da pena.

Purificados pelo sangue de Cristo, Deus nos vê limpos, prontos para estar diante da Sua presença, em paz.

Do gozo na esperança [verso 2] – Você realmente sabe o que significa esperança? Esperança é a confiança no cumprimento de um desejo ou de uma expectativa. Deus nos dá ricas promessas, como o perdão dos pecados, a vida eterna após a morte, comunhão e cuidado para sempre....

Estas promessas vão se cumprir na vida daqueles que acreditam e depositam sua confiança no Senhor Jesus Cristo [veja Jr 17:7], como toda Palavra de Deus têm sido cumprida até aqui. Assim, podemos ter gozo, alegria, enquanto esperamos a maravilhosa promessa de viver no céu, para sempre. [veja I Pe 1: 3 - 9]

Do gozo no sofrimento [verso 3] – mesmo diante dos maiores problemas, podemos sempre nos alegrar e nos fortalecer nas promessas de Deus, porque Fiel é quem nos chama para receber esta aliança – e Ele cumprirá o que tem para nós. [veja Sl 37:5, I Pe 5: 6 - 11]

...: Continua :...

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

...: A outra face do adultério - ou O problema são os outros :...


Oie! =]

vocês viram a história desta foto? Segundo os jornais, o Zoológico de Gaza não consegue trazer zebras verdadeiras, por conta dos conflitos que têm com Israel - sairia muito caro furar o bloqueio na região fronteiriça, segundo o dono do Zoo.

Então, para não entristecer as crianças, pintaram dois burrinhos....como dizemos aqui no Brasil, deram um jeitinho.

Após orar, continuava pensando sobre o que escrever, e esta notícia me trouxe à realidade do mundo em que vivemos: um mundo de ilusão, onde pretende-se achar desculpas que justifiquem os nossos erros, o tempo todo.

Em busca da imagem para ilustrar o post, observava, vez ou outra, o que passava na tv [quando espero por um programa, mas não quero ouvir o que está passando no momento, desligo o som da tv, e fica só a imagem].

No momento em que percebi, aparecia uma cena de um homem assistindo o noticiário de Economia [closed caption ativado...], e a empregada da casa - uma jovem muito bonita - trazendo uma bebida para o homem. Ele faz um comentário malicioso, tanto para a jornalista da tv [com quem ele tenta manter um caso extraconjugal, pelo que entendi pesquisando na internet] quanto para a empregada.

O pior era ele comentando, quando a empregada saiu, que ele estava cercado - ou seja, que ele não se continha diante das mulheres porquê estas permaneciam ao seu redor.

Como compartilhei com vocês, amados leitores, estou lendo Provérbios [aliás, recomendo!]. Nos capítulos 5, 6 e 7 há advertências contra o adultério e o risco de vida que ele traz, uma vez que a condenação segundo a lei judaica era a morte.

Você deve estar pensando - o que tem a ver a história das zebras fajutas com o adultério? Tudo, caro leitor! =]

Sempre pensamos em adultério como infidelidade de um relacionamento - entre marido e mulher, amigos, entre o homem e Deus [glórias sempiternas a Ele, porque mesmo quando somos infiéis, Ele permanece Fiel - aleluia! - 2 Tm 2:13]

Mas, com a ajuda do dicionário, vemos o que adulterar também significa:
alterar [o material ou texto original], falsificar, corromper, estragar.

Posto os significados de adultério, não é isto o que vemos ao nosso redor, em todo o tempo? Produtos falsificados - amado, diga não à pirataria. Como se fosse pouco ser pecado, é crime!!, relações pessoais, profissionais, governamentais falsas, corrompidas, informações falsas, alteradas, adulteradas....

Infelizmente, e em número cada vez maior, há hereges que corrompem a si mesmo e aos outros usando a Palavra de Deus, através da teologia da prosperidade, confissão positiva, determinismos, etc, etc, etc....

Como se defender destas coisas? Conhecendo a verdade.

A verdade da Verdade.

Li em certo lugar, que "a Palavra de Deus vai me ajudar a evitar qualquer confusão ou situações embaraçosas na minha vida". Para isto, ou seja, para que a Palavra produza seu efeito, tenho que me dedicar à leitura, meditando e, se possível, memorizando esta verdade.

Os Salmos 1:1 e 2 afirma - Como é feliz o homem que não vai atrás da opinião das pessoas desligadas de Deus, que não fica à toa na companhia dos pecadores, nem participa de rodinhas onde fazem pouco caso de Deus.
Mas ele faz da Lei do Senhor a fonte da sua alegria. A todo o instante, de dia e de noite, ele pensa nessa Lei; fica imaginando como pode obedecer ao Senhor mais de perto. [tradução da Bíblia Viva]

E Salmos 119: 9 diz - Como purificará o jovem o seu caminho? Observando-o segindo a Tua Palavra.

Amados, se estivermos com os pés na Rocha, tanto evitaremos participar dos adultérios ao nosso redor, como poderemos reconhecê-lo e denunciá-lo. Finalmente, para apreender mais do assunto, sugiro a leitura de Provérbios 8 [em algumas bíblias há um título que precede o texto; na Thompson, está escrito O chamado da Sabedoria].

E que o Senhor nos ajude a nos mantermos firmes e fiéis a Ele, sendo sinceros e verdadeiros em todo o tempo, até que Ele venha!

Com carinho, e no amor de Cristo Jesus, Senhor e Salvador nosso,

Andreia =]