terça-feira, 28 de julho de 2009

...Amor e Lei...

Amados,

glórias a Deus porque temos uma liberdade preciosa no nosso país, de poder levar (tanto no sentido literal, quanto no espiritual) a Palavra de Deus para onde for preciso.

E o Senhor sempre fala com o semeador primeiro, a fim de que possamos crescer edificados em amor, através da pregação da Sua santa Palavra.

Estes dias tenho meditado no Salmos 119...gosto muito da tradução da Bíblia Viva, mas, mesmo na versão mais 'convencional', por assim dizer, este Salmo fala de Amor e Lei.

Em tempos de tantas heresias, com o uso da Palavra somente para poder amar os bens, amar a cura, amar o espetáculo do culto [ou culto de espetáculo?], amar os 'levitas', entre outras coisas, é um refrigério poder encontrar ensino, descanso, alegria, paz, direção, entre outras ricas bênçãos, no momento devocional com a Palavra de Deus [e, especialmente, com o Deus de Palavra, como está no blog do amado ir. Ciro Zibordi].

Queridos, não tenho nada contra trabalhar para obter bens, receber um milagre de cura, participar de um culto com irmãos zelosos na pregação e no louvor. Mas usar a Palavra de Deus para fazer as pessoas cada vez mais desorientadas e desobedientes, acreditando que Deus é um 'gênio da lâmpada' é lamentável e revoltante. Entendo a dureza desta palavra, mas é fato.
.
.
.
Mas, que tal meditarmos juntos neste belíssimo Salmos 119? =] Abaixo, segue a versão da Bíblia Viva. E que estes versos sejam nossa oração sincera a Deus.

18 - Abre os meus olhos para ver as coisas maravilhosas que há na Tua Lei.
19 - Estou apenas de passagem aqui na terra, sou um viajante e preciso de teus mandamentos para me orientar.
29 - Não me deixes andar pelo caminho da mentira; ajuda-me com a tua Lei, pela Tua graça.
30 - Ajuda-me, porque eu escolhi andar pelo caminho da verdade e seguir de perto as tuas regras sobre a vida.
36 - Faze o meu coração amar mais a Tua vontade revelada que as riquezas desta vida!
37 - Não deixes os meus olhos serem atraídos pelas ilusões do pecado. Dá novas forças à minha alma para prosseguir no Teu caminho.
58 - Ó Deus, de todo o coração eu Te suplico, por favor, ajuda-me com o Teu amor, embora eu não mereça. Mostra o Teu cuidado e proteção carinhosa por mim, conforme diz a Tua Palavra.
73 - Tu mesmo formaste o meu corpo, cada parte do meu ser. Agora, ensina-me a a aplicar as Tuas regras de comportamento à minha vida.
80 - (...) ajuda-me a obedecer sem a menor falha a cada uma das Tuas ordens escritas. Assim, nunca terei de me envergonhar de mim mesmo.
105 - A Tua Palavra é uma lâmpada que ilumina o caminho por onde eu ando. Ela me ajuda a não tropeçar!
108 (a) - Aceita, ó Senhor, as minhas palavras de gratidão, pois elas são sinceras.
137 - Senhor, Tu és justo, e as tuas decisões sobre a vida humana são absolutamente certas.
142 - A Tua justiça é eterna; a Tua Lei é a pura verdade.
171 - Eu Te louvarei porque Tu me ensinas a Tua vontade.
175 - Enquanto eu viver, louvarei o Teu nome. Ajuda-me a viver com as Tuas instruções espirituais.

Em nome de Cristo Jesus, nosso Senhor, Salvador e Rei, é que pedimos e já agradecemos, pelo que o Senhor tem feito, e pelo que ainda fará em nós! Amém!

Nenhum comentário: