sexta-feira, 18 de setembro de 2009

...: Chá das Amigas - Conclusão :...


Antes de aceitarmos a Cristo nós éramos como àquela mulher: poderíamos até saber de Cristo Jesus e de Seu poder, mas éramos estrangeiras, estranhas aos olhos de Deus Pai.

Quando esboçamos a intenção de ir ao encontro dEle, podemos encontrar oposição [o pior é quando encontramos oposição dentro da própria igreja], e como reagimos?

Ela nos exorta a não desistir diante da oposição e, principalmente, da falta de resposta - lembra-se que Cristo não a respondeu prontamente?

Outro ponto a observar é que ainda que a primazia da mensagem fosse da "Casa de Israel", o Senhor Jesus caminhou 80 km, aproximadamente, de Genesaré até Tiro e Sidom, fora de Israel. Ou seja, Ele foi para uma região conhecida por ter habitantes estrangeiros [imagino eu que em sua maioria].

Opa! Será que o "GPS" de Jesus falhou? Ele foi parar numa região estrangeira por engano?

Amados, dá para acreditar que Ele não iria atendê-la? Tenho para mim que Ele foi lá somente para atendê-la, porque na continuação da leitura, vemos que Ele partiu para a região da Galiléia assim que falou com a mulher cananéia [Mt 15: 29].

Outra pergunta que não quer calar: como nos comportamos quando Deus não dá a resposta que esperamos? A mulher cananéia persistiu, perseverou. Ela não podia contar com nada - nome, bens materiais, posição social...absolutamente nada, a não ser a confiança de que Cristo era o único capaz de ajudá-la.

Ela se humilhou muito, aos olhos humanos e de Deus, mas ergueu as mãos apresentando uma fé persistente, constante.

Em I Pedro 1: 6c e 7 [Bíblia Viva], podemos deduzir o propósito deste sofrimento na vida desta mulher, e também do sofrimento nas nossas vidas.

"6 - (...) embora durante algum tempo a caminhada aqui na terra seja tão dura.
7 - Estas provações apenas põem à prova a fé que vocês têm, para verificar se ela é forte e pura ou não. Ela está sendo experimentada como o fogo prova o ouro e o purifica - e a fé que vocês têm é muito mais preciosa para Deus do que o simples ouro; portanto, se essa fé permanecer firme depois de ter estado no cadinho das provações ardentes, isto redundará em muito louvor, glória e honra para vocês no dia da Sua volta."

A Bíblia não relata, mas eu creio que esta mulher não deixou de seguir ao Senhor. Aqueles que buscam ao Senhor de todo o coração O encontrarão, conforme está em Jr 29: 13.

Eu creio que esta mulher descobriu o que uma irmã chamada Kathy Trocolli escreveu: "minha circunstância não tem absolutamente nada a ver com o poder de Deus em cumprir a Sua Palavra"


Então, queridos irmãos, vamos continuar buscando e seguindo ao Senhor, seja em circunstâncias boas ou não, e que possamos também ouvir: "Ó, (...), grande é a tua fé!".

Se há alguém que ainda está como estrangeiro aos olhos de Deus, que hoje possa buscá-Lo, conforme diz Isaías 55:6, e Isaías 30: 18 [Bíblia Viva].

"6 - Busquem ao Senhor enquanto podem achar. Peçam sua ajuda, enquanto Ele está perto."

"18 - Mas o Senhor ainda espera que vocês voltem para Ele, para mostrar o quanto Ele os ama. Ele vai demonstrar o Seu amor com grande poder, porque o Senhor é um Deus justo e fiel. Felizes são as pessoas que dependem dEle."

Amém!

Nenhum comentário: