quarta-feira, 2 de setembro de 2009

...Uma vez disse Deus, duas vezes a ouvi...

Em abril, participei de um retiro de jovens da igreja onde congrego. Curioso foi que, na semana anterior à atividade, tive uma aula da pós-graduação com um padre ortodoxo sobre o tema que veria futuramente: de darmos de comer aos famintos deste mundo – no caso da aula, era à família, que vive uma crise ética, moral e cívica [o estudo deste acontecimento era o mote da aula].

Sobre nós, os jovens, paira a responsabilidade de ser o futuro da igreja, da sociedade, das nossas famílias. Pena esquecermos que o amanhã é formado por muitos hoje. Nossa responsabilidade é para agora, já. Como nos preparamos para esta missão? Conseguiremos alimentar os famintos ao nosso redor, multiplicando o pão com o qual temos nos alimentado?

Em um mundo poluído, física [com a exaltação e reprodução de comportamentos inadequados, como prostituição, pornografia, corrupção, etc.] e espiritualmente [o mundo jaz no maligno] - somos estimulados ao ideal de uma vida limpa:

Como pode um jovem conservar pura a sua vida? É só obedecer aos teus mandamentos. - Salmos 119: 9 [NTLH]

*

Como pode o jovem ter uma vida limpa e pura? Vigiando os seus passos conforme a Tua Palavra. - Salmos 119: 9 [BV]

Onde vemos proliferar uma cristianismo raso, falso, nefasto, onde o “senhor” apresentado tem um amor permissivo, tolerante com todas as coisas e práticas contrárias à infalível Palavra de Deus, somos lembrados com a certeza de um dia de juízo:

Jovem, aproveite a sua mocidade e seja feliz enquanto é moço. Faça tudo o que quiser e siga os desejos do seu coração. Mas lembre de uma coisa: Deus o julgará por tudo o que você fizer. - Eclesiastes 11: 9 [NTLH]

*

Rapaz, como é maravilhoso ser jovem! Aproveite a sua mocidade, mas aproveite mesmo! Faça tudo o que tiver vontade de fazer e conhecer. Experimente tudo, mas lembre-se de uma coisa: você vai ter que dar conta a Deus de tudo o que fez. - Ec 11:9 [BV]

Nessa sociedade permissiva, que confunde liberdade com libertinagem, onde se pode tudo, e ninguém é de ninguém, somos lembrados do valor do auto-controle:

E é bom que as pessoas aprendam a sofrer com paciência desde a sua juventude. Quando Deus nos faz sofrer, devemos ficar sozinhos, pacientes e em silêncio. Devemos nos curvar, humildes, pois ainda pode haver esperança – Lamentações de Jeremias 3: 27 a 29 [NTLH]

*

É bom para o jovem agüentar a disciplina, ficar sentado, sozinho e quieto, ouvindo as ordens de Deus. O jovem deve se humilhar diante de Deus, porque finalmente a esperança pode surgir. - Lm 3: 27 a 29 [BV]

O nome Amy Winehouse traz que tipo de memória a você? E Britney Spears? Vindo para mais perto, o que dizer de uma jovem modelo chamada Yasmin Brunet que, se não falou, permitiu que se publicassem como se tivesse dito, que não queria se parecer com a mãe? Apesar de jovens, estas pessoas influenciam negativamente os jovens do mundo todo. A Palavra de Deus nos exorta a não desprezarmos o poder da influência pessoal:

Não deixe que ninguém o despreze por você ser jovem. Mas, para os que creem, seja um exemplo na maneira de falar, na maneira de agir, no amor, na fé e na pureza. - I Timóteo 4:12 [NTLH]

*

Ninguém faça pouco caso de você porque você ainda é moço. Seja o exemplo deles; que sigam o caminho que você ensina e vive; seja o modelo para eles no seu amor, na sua fé, e na pureza dos seus pensamentos. - I Tm 4:12 [BV]

*

Aconselhe também os homens mais jovens a serem prudentes. Você mesmo deve ser, em tudo, um exemplo de boa conduta. Seja sincero e sério quando estiver ensinando. - Tito 2: 6,7 [NTLH]

*

Do mesmo modo exorte os rapazes a que se conduzam com todo o cuidado, levando a vida a sério. E nisto você mesmo deve ser para eles um exemplo nas boas obras de toda espécie. Que tudo o que você fizer revele seu amor pela verdade e o fato de que é absolutamente sincero nisso. - Tt 2: 6,7 [BV]

Nossas atitudes devem ser um reflexo daquilo que pensamos e falamos. Deste modo, nossa força moral é superior à força física – mas seremos fortes, de fato, se nos mantivermos concentrados no Senhor, fazendo escolhas conforme a graça que Ele nos dá enquanto caminharmos com Ele:

Recomende essas coisas aos que você dirige e ordene severamente, na presença de Deus, que não briguem por causa de palavras. Brigar não é bom, pois somente prejudica os que estão presentes.

Faça todo o possível para conseguir a completa aprovação de Deus, como um trabalhador que não se envergonha do seu trabalho, mas ensina corretamente a verdade do evangelho.

Evite os falatórios contrários aos ensinamentos cristãos, pois eles fazem com que as pessoas se afastem de Deus. As coisas que os falsos mestres ensinam se espalham como a gangrena. Dois desses mestres são Himeneu e Fileto, os quais abandonaram o caminho da verdade. Eles afirmam que a nossa ressurreição já aconteceu e assim estão atrapalhando a fé cristã de alguns.

Mas o firme alicerce que Deus colocou não pode ser abalado, e sobre esse alicerce estão escritas estas palavras: “O Senhor conhece as pessoas que são dele”. E também:”Toda pessoa que diz que pertence ao Senhor precisa abandonar o pecado”.

Numa casa grande não existem somente vasilhas de ouro e de prata, mas também de madeira e de barro. Algumas são para ocasiões especiais, e outras, para todos os dias.

Quem se purificar de todos esses erros de que tenho falado será usado para fins especiais porque é dedicado e útil ao seu Mestre e está pronto para fazer tudo o que é bom.

E você, Timóteo, fuja das paixões da mocidade e procure viver uma vida correta, com fé, amor e paz, junto com os que com um coração puro pedem a ajuda do Senhor. Fique longe das discussões tolas e sem valor, pois você sabe que elas sempre acabam em brigas.

O servo do Senhor não pode andar brigando, mas deve tratar todos com educação. Deve ser um mestre bom e paciente, que corrige com delicadeza aqueles que são contra ele. Pois pode ser que Deus dê a eles a oportunidade de se arrependerem e de virem a conhecer a verdade. E assim voltarão ao seu perfeito juízo e escaparão da armadilha do diabo, que os prendeu para fazerem o que ele quer. - II Timóteo 2: 14 – 26 [NTLH]

*

Lembre estes grandes fatos ao seu povo, ordenando-lhes em nome do Senhor que não discutam a respeito de coisas sem importância. Essas discussões são inúteis e só causam confusão, e até mesmo prejuízo.

Trabalhe arduamente, para que Deus possa dizer-lhe: "Muito bem". Seja um bom obreiro, um obreiro que não precisa ficar envergonhado quando Deus examina o seu trabalho. Saiba o que a sua Palavra diz e o que ela significa.

Evite as discussões tolas que levam as pessoas ao pecado do ódio mútuo. Serão ditas coisas que queimarão e doerão por muito tempo ainda. Himeneu e Fileto, com seu amor às discussões, são homens assim.

Deixaram o caminho da verdade, pregando a mentira de que a ressurreição dos mortos já aconteceu; e enfraqueceram a fé em alguns que creram neles. Entretanto, a verdade de Deus continua firme como uma grande rocha e nada a poderá abalar. Ela é um alicerce sobre o qual estão escritas estas palavras: "O Senhor conhece aqueles que realmente são dele" e "Alguém que se chama cristão não deve fazer coisas erradas".

Em algumas casas abastadas há vasilhas feitas de ouro e de prata, bem como algumas feitas de madeira e de barro. As vasilhas caras são usadas para os hóspedes, e as vasilhas baratas são usadas na cozinha ou para pôr o lixo.

Se você ficar afastado do pecado, será como uma dessas vasilhas feitas do mais puro ouro - o melhor da casa - de tal maneira que o próprio Cristo poderá usá-lo para os seus mais altos propósitos.

Fuja de qualquer coisa que lhe provoque os pensamentos malignos que os rapazes muitas vezes têm, mas aproxime-se de qualquer coisa que o leve a querer fazer o bem. Tenha fé e amor, e sinta prazer na companhia daqueles que amam o Senhor e têm coração puro.

Eu digo novamente: não se deixe envolver em discussões tolas que só perturbam as pessoas e as deixam irritadas. O povo de Deus não deve ser turbulento; devem ser amáveis, e mestres pacientes daqueles que estão errados.

Seja humilde quando estiver procurando ensinar aqueles que estão confusos a respeito da verdade. Porque se você lhes falar com brandura e mansidão, é mais provável que eles, com a ajuda de Deus, abandonem suas idéias e creiam no que é verdadeiro.

Então eles cairão em si e escaparão da armadilha de escravidão ao pecado, que Satanás utiliza para apanhá-los sempre que ele quer, e então poderão começar a fazer a vontade de Deus. - II Tm 2: 14-26 [BV]

Uma cristã chamada Lauretta Patterson perguntou: “Se não nos alimentarmos com a Palavra de Deus, como poderemos reconhecer Sua presença em nossa vida?”

Se não O reconhecermos na nossa vida, como alimentar outros que precisam dEle tanto quanto nós?

Queridos, somos ovelhas de um grande e poderoso Pastor, que deu a Sua vida por nós, e que nos dá segurança de alimento quando O seguimos. Aliás, nos dá certeza de amor, vida eterna, paz, alegria, socorro bem presente nas adversidades...

Que o Senhor nos ajude a sermos jovens fiéis e obedientes, sinceros crentes em Cristo Jesus, dignos servos do Altíssimo! Ó Pai, ajuda-me, e ajuda a meus irmãos que tem este alvo também. Te suplico, em nome de Teu Filho amado, Jesus Cristo! Amém!

Nenhum comentário: