terça-feira, 29 de setembro de 2009

...: Verdade absoluta :...

Oie! =]

vi este vídeo no blog mulheres com propósitos e gostaria de compartilhar com vocês, amados leitores.



O vídeo faz parte de uma campanha governamental pelo retorno da religião as escolas da Macedônia, feita em março deste ano.

Ouvi certa vez um irmão dizer que a religião é a tentativa do homem chegar a Deus, e Cristo é a ação de Deus para que o homem possa se aproximar dEle. Não me ocorreu, como agora, que esta frase é devida e verdadeiramente apropriada para, também, explicar este vídeo.

Prometo que, oportunamente, falarei sobre o que penso das religiões.

Mas voltando ao bendito, narrado [em voz e legenda] em duas línguas, achei interessante notar que, independentemente da língua e das circunstâncias existentes em qualquer escala [pessoal ou mundial] há uma verdade simples, poderosa e absoluta, expressa na sagaz observação do menino Einstein: a existência de Deus.

E Deus é ainda mais maravilhoso porquê, veja você, com todo o poder que Ele tem, poderia nos obrigar a acreditar nEle, mas não é isto o que acontece. Deus nos deu livre-arbítrio para decidir crer, ou não crer - por isso me soa tão incoerente ver pessoas lutar com unhas e dentes contra alguém que "não existe"...

Há um tempinho, preparei um estudo para compartilhar com os irmãos e visitantes de um novo ponto de pregação, organizado pela igreja onde congrego. Naquela semana, vimos uma grande repercussão [na mídia] da recusa da atriz Hellen Mirren ao convite da rainha da Inglaterra para um jantar no palácio de Buckingham - visto que a atriz ganhara um Oscar pela interpretação da rainha nas telas.


Então, lembrei de Mt 22: 1-14, que fala de uma festa de casamento e dos convites feitos - e especialmente das recusas ao convite. O que me chama a atenção ainda hoje nesta passagem é que, não importa a desculpa ou a recusa, a festa vai acontecer.

E é por isso que as igrejas sérias, comprometidas com o Evangelho de Cristo, e os seus membros, dia após dia, insistem em levar às pessoas o convite que Cristo fez - nós somos somente os empregados, encarregados de distribuir este convite.

Como Cristo, queremos que os convidados participem desta festa, que começamos a celebrar aqui. E celebramos desde já, porque de antemão sabemos que vai acontecer. Simplesmente, porque Deus existe.

Outro ponto que me ocorreu enquanto escrevia é que, assim como a atriz seria homenageada por representar tão bem a rainha para os outros, também nós, crentes em Cristo Jesus, se bem O representarmos [não no sentido de encenar, obviamente] aqui nesta vida, receberemos uma recompensa no céu [como se viver para sempre com Deus Pai e Deus Filho, sem morte, dor, lágrimas, tristezas - cf Ap 21:4 - fosse pouco!] - os galardões.

Não é maravilhoso saber de tudo isto? =]

Amados, meditem em I Tessalonicenses 4: 13 a 18. Encerro este post com este último verso. E que o Senhor Deus, que vive e reina para sempre, possa completar esta mensagem no seu coração.

"Portanto, animem uns aos outros com essas palavras"

Com carinho,

Andreia =]

Nenhum comentário: