quinta-feira, 8 de outubro de 2009

...: A outra face do adultério - ou O problema são os outros :...


Oie! =]

vocês viram a história desta foto? Segundo os jornais, o Zoológico de Gaza não consegue trazer zebras verdadeiras, por conta dos conflitos que têm com Israel - sairia muito caro furar o bloqueio na região fronteiriça, segundo o dono do Zoo.

Então, para não entristecer as crianças, pintaram dois burrinhos....como dizemos aqui no Brasil, deram um jeitinho.

Após orar, continuava pensando sobre o que escrever, e esta notícia me trouxe à realidade do mundo em que vivemos: um mundo de ilusão, onde pretende-se achar desculpas que justifiquem os nossos erros, o tempo todo.

Em busca da imagem para ilustrar o post, observava, vez ou outra, o que passava na tv [quando espero por um programa, mas não quero ouvir o que está passando no momento, desligo o som da tv, e fica só a imagem].

No momento em que percebi, aparecia uma cena de um homem assistindo o noticiário de Economia [closed caption ativado...], e a empregada da casa - uma jovem muito bonita - trazendo uma bebida para o homem. Ele faz um comentário malicioso, tanto para a jornalista da tv [com quem ele tenta manter um caso extraconjugal, pelo que entendi pesquisando na internet] quanto para a empregada.

O pior era ele comentando, quando a empregada saiu, que ele estava cercado - ou seja, que ele não se continha diante das mulheres porquê estas permaneciam ao seu redor.

Como compartilhei com vocês, amados leitores, estou lendo Provérbios [aliás, recomendo!]. Nos capítulos 5, 6 e 7 há advertências contra o adultério e o risco de vida que ele traz, uma vez que a condenação segundo a lei judaica era a morte.

Você deve estar pensando - o que tem a ver a história das zebras fajutas com o adultério? Tudo, caro leitor! =]

Sempre pensamos em adultério como infidelidade de um relacionamento - entre marido e mulher, amigos, entre o homem e Deus [glórias sempiternas a Ele, porque mesmo quando somos infiéis, Ele permanece Fiel - aleluia! - 2 Tm 2:13]

Mas, com a ajuda do dicionário, vemos o que adulterar também significa:
alterar [o material ou texto original], falsificar, corromper, estragar.

Posto os significados de adultério, não é isto o que vemos ao nosso redor, em todo o tempo? Produtos falsificados - amado, diga não à pirataria. Como se fosse pouco ser pecado, é crime!!, relações pessoais, profissionais, governamentais falsas, corrompidas, informações falsas, alteradas, adulteradas....

Infelizmente, e em número cada vez maior, há hereges que corrompem a si mesmo e aos outros usando a Palavra de Deus, através da teologia da prosperidade, confissão positiva, determinismos, etc, etc, etc....

Como se defender destas coisas? Conhecendo a verdade.

A verdade da Verdade.

Li em certo lugar, que "a Palavra de Deus vai me ajudar a evitar qualquer confusão ou situações embaraçosas na minha vida". Para isto, ou seja, para que a Palavra produza seu efeito, tenho que me dedicar à leitura, meditando e, se possível, memorizando esta verdade.

Os Salmos 1:1 e 2 afirma - Como é feliz o homem que não vai atrás da opinião das pessoas desligadas de Deus, que não fica à toa na companhia dos pecadores, nem participa de rodinhas onde fazem pouco caso de Deus.
Mas ele faz da Lei do Senhor a fonte da sua alegria. A todo o instante, de dia e de noite, ele pensa nessa Lei; fica imaginando como pode obedecer ao Senhor mais de perto. [tradução da Bíblia Viva]

E Salmos 119: 9 diz - Como purificará o jovem o seu caminho? Observando-o segindo a Tua Palavra.

Amados, se estivermos com os pés na Rocha, tanto evitaremos participar dos adultérios ao nosso redor, como poderemos reconhecê-lo e denunciá-lo. Finalmente, para apreender mais do assunto, sugiro a leitura de Provérbios 8 [em algumas bíblias há um título que precede o texto; na Thompson, está escrito O chamado da Sabedoria].

E que o Senhor nos ajude a nos mantermos firmes e fiéis a Ele, sendo sinceros e verdadeiros em todo o tempo, até que Ele venha!

Com carinho, e no amor de Cristo Jesus, Senhor e Salvador nosso,

Andreia =]

Nenhum comentário: