sexta-feira, 2 de outubro de 2009

...: A pressa é inimiga... :...


Oie! =]

Há alguns dias venho pensando numa frase que o piloto Nelsinho Piquet proferiu, quando da revelação do escândalo na etapa de Cingapura da F1, realizada em 2008.


Em uma carta, que pode ser lida na íntegra aqui, ele disse: "Eu não espero que isso seja perdoado ou esquecido"...

O Salmista Davi, no capítulo 32 do livro, verso 1 diz:
"Bem-aventurado aquele cuja transgressão é perdoada, e cujo pecado é coberto", ou na versão da NVI "Como é feliz aquele que tem suas transgressões perdoadas e seus pecados apagados!"

Duvido que, de fato, Nelsinho não queira receber perdão. O esquecimento, em tempos de linguagens multimídia - sempre veloz, acho improvável. Mas perdão é possível. E além de felicidade, como traz alívio - tanto para quem dá, especialmente para quem recebe.

Quando cometemos um erro contra alguém, e nos arrependemos verdadeiramente, queremos perdão....precisamos dele para seguir adiante, seja com a pessoa ofendida ou não - aliás, veja
Pv 18:19.

A esta altura, já consigo imaginar alguém dizendo a si mesmo: "é facil falar de perdão quando não diz respeito a você". Na verdade, o perdão não nos diz respeito mesmo. É com Deus que se resolve.

Sem Ele, é impossível.


Nosso maior - e tenho cá para mim que é o único - exemplo [supremo!] de perdão é o de Deus para conosco, através de Cristo.


Ou você teria coragem de gerar um filho, vê-lo crescer, nutrindo amor por ele em todo o tempo, e depois, para perdoar um erro, uma falha cometida por outro contra você, tirar-lhe a vida para que fosse possível estabelecer um processo de reconcilição?


Só Deus mesmo!


É por isso que só conseguimos perdoar quando lembramos do perdão que recebemos d´Ele - veja os Salmos 86:5, 103: 2-4 e 10 e 11 - além de ser mandamento - veja Mateus 6: 9-15.

Pobre Nelsinho! Espero, sinceramente, que ele possa descobrir o Senhor do Amor e do Perdão, e viver a alegria de ser perdoado por Ele, retendo as firmes promessas descritas em Miquéias 7: 18 e 19, e Jeremias 31:34 abaixo transcrita na versão da NVI:

"Ninguém mais ensinará ao seu próximo nem ao seu irmão, dizendo: 'Conheça ao Senhor', porque todos eles me conhecerão, desde o menor até o maior", diz o Senhor. "Porque eu lhes perdoarei a maldade e não me lembrarei mais dos seus pecados." ".

...: Continua :...

P.S: Além da Bíblia, é claro, recomendo a leitura do livro O Poder Terapêutico do Perdão, editado pela Mundo Cristão, e de autoria do Pr. Ray Pritchard. ;]

Nenhum comentário: