terça-feira, 24 de novembro de 2009

...: ...no meio do caminho havia uma trave... :...




...: continuação:...

Voltemos ao Salmos 84, abaixo na Nova Tradução na Linguagem de Hoje [NTLH]

1 Como eu amo o teu Templo, ó SENHOR Todo-Poderoso!

2 Como eu gostaria de estar ali! Tenho saudade dos pátios do Templo de Deus, o SENHOR. Com todo o meu ser, canto com alegria ao Deus vivo.

3 Ó SENHOR Todo-Poderoso, meu Rei e meu Deus, perto dos teus altares os pardais constroem o seu ninho, e as andorinhas fazem a sua casa, onde cuidam dos seus filhotes.

4 Felizes são os que moram na tua casa, sempre cantando louvores a ti!

5 Felizes são aqueles que de ti recebem forças e que desejam andar pelas estradas que levam ao monte Sião!

6 Quando eles passam pelo Vale das Lágrimas, ele fica cheio de fontes de água, e as primeiras chuvas o cobrem de bênçãos.

7 Enquanto vão indo, a força deles vai aumentando; eles verão o Deus dos deuses em Sião.

8 Escuta a minha oração, ó SENHOR, Deus Todo-Poderoso! Ouve-me, ó Deus de Jacó!

9 Ó Deus, abençoa o nosso protetor, o rei que tu escolheste!

10 É melhor passar um dia no teu Templo do que mil dias em qualquer outro lugar. Eu gostaria mais de ficar no portão de entrada da casa do meu Deus do que morar nas casas dos maus.

11 O SENHOR Deus é a nossa luz e o nosso escudo. Ele ama e honra os que fazem o que é certo e lhes dá tudo o que é bom.

12 Ó SENHOR Todo-Poderoso, como são felizes aqueles que confiam em ti!

Então, podemos nos encher do Espírito, preferimos a vontade de Deus à nossa, quando amamos o templo [v1] - não limitado a estrutura física, mas aos irmãos, membros do corpo de Cristo. No templo há cantos [v2, v4], há segurança [v3] porque lá é o lugar onde habita o Senhor Todo-Poderoso [v 1, 3, 8, 12], o Deus que protege [v9] como escudo [11], o Deus que esclarece como a luz [v 11], em que não há sombra ou confusão.

É no templo que aprendemos que Deus é amor, e que honra [v12], que retribui com amor, estima e bondade aqueles que fazem o que é certo [v12].

O que mais me chamou a atenção neste Salmo maravilhoso, foram os versos 5 a 7 [vale a pena reler!].

É do Senhor que vem a força e o desejo de andar pelas estradas que levam ao Monte Sião - que foi o lugar onde foi construído o Templo, conforme 2 Cr 3:1. O salmista diz que estas pessoas são felizes - e nós somos estas pessoas felizes, quando atendemos ao chamado de amor do Senhor.

Mas podemos ser ingratos, também, quando não reconhecemos isto. Tudo vem do Senhor.

O caminho para a presença de Deus passa pelo Vale de Baca, ou como diz nesta tradução, Vale de Lágrimas. Amados, Cristo nos alertou que aqui, neste mundo, teremos aflições, sofrimentos [ver João 16:33].

Mas, quando propomos no nosso coração não seguir ao pecado, e sim andar com Cristo e em conformidade com o Seu andar, este Vale de Lágrimas se transforma em lugar de bênçãos, de tesouros de grande valor - você é capaz de entender a maravilha dos tempos de chuva em uma terra seca, árida?


E, amados, conforme Rm 8:18, nosso sofrimento não pode ser comparado com a glória que em nós há de ser revelada.
Enquanto prosseguimos, nossa força aumenta - e finalmente chegará o dia em que veremos ao Senhor, Deus dos deuses [v 7].

Estas não são boas novas maravilhosas? Que bom saber que vale a pena seguir adiante, ainda que gemendo e chorando, na estrada que nos leva à Jerusalém celestial!!

Não desprezemos esta Boa Nova! Lembremo-nos que felizes são aqueles que confiam no Senhor! [v12] Amém!

Nenhum comentário: