quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

...: ICQ :...

Oie! =]


Para os menores de 15 anos, o título do post e esta florzinha não fazem o menor sentido. Já as pessoas com 16 (risos!), que deram suas primeiras navegadas na internet, certamente se lembram, especialmente do alerta sonoro.

Embora o programa - um comunicador instantâneo, irmão mais velho do MSN e outros - tenha sido criado por israelenses, a sigla [ICQ] é um trocadilho baseado na pronúncia das letras em inglês [I seek you], ou em bom português: eu procuro você.

Em minhas leituras, o texto de Êxodo 5:3a me chamou muito a atenção. Está escrito:
"E eles disseram: O Deus dos hebreus nos encontrou. (...)"

Na NTLH diz : "Moisés e Arão responderam: - O Deus dos hebreus veio falar conosco (...)"

E, em Mateus 4:18 a20, lemos: "Jesus, andando junto ao mar da Galiléia, viu dois irmãos, Simão, chamado Pedro, e André, os quais lançavam as redes ao mar, porque eram pescadores.
E disse-lhes: "Vinde após Mim, e eu vos farei pescadores de homens.
Então, eles, deixando logo as redes, seguiram-No."

Deus veio ao encontro do homem, por meio de Jesus Cristo.

Deus veio ao meu encontro, usando um servo, através do ICQ. Ele, realmente - e glórias a Deus por isso! - estava a minha procura.

Conheci a pessoa que me apresentou ao Evangelho através desta rede, chamada internet. Tenho um irmão muito amado que entende que "terceirizamos" a evangelização através deste meio de comunicação.

Eu, por este e outros motivos, vejo que esta rede pode sim nos fazer pescadores de homens - desde que estejamos seguindo ao Mestre. É ele quem nos faz pescadores assim, tão especiais. É com Ele que aprendemos a ter amor, misericórdia, paciência, entre tantos outros frutos, para alimentar os 'peixinhos' ainda não alcançados pela Sua rede, feitas com cordas de amor. [veja Oséias 11:4].

Como eu disse, tenho motivos para louvar a Deus por esta rede. Um outro motivo, e que não poderia deixar de fora deste post, é o fato de conhecer outros irmãos, com quem tenho aprendido muito. Não sei se nesta vida como conhecemos, nos veremos pessoalmente - talvez mesmo, só na preciosa e incomparável glória celeste!
Por isso, é uma bênção para mim este alcance que a internet permite.

É claro que a blogosfera não substitui a evangelização pessoal, a pregação em um local, uma visita. Afinal, Deus nos usa para alcançar as almas, ainda perdidas dEle, de coração para coração.

Talvez, para maioria de nós, seja complicado ir a lugares como prisões [embora seja muito necessário, conforme vimos no vídeo do Genizah/veja post anterior], hospitais, asilos....mas, será muito difícil falar com os vizinhos? Oferecer um folheto para um amigo da escola/faculdade? Ou para o caixa do banco, ou supermercado?

Amados, não sei qual estratégia o Senhor nos dará, mas sei que temos que clamar. Se Ele nos dá inteligência [Tg 1:5], habilidades [I Co 12:6], dom de curar [I Co 12:9], entre tantas outras dádivas, se pedirmos, será que não nos daria um modo de fazermos a Sua obra como convém?

Você se dispõe para esta obra? Pode orar comigo por isso? =]

"Senhor Deus, em Tua presença santa buscamos a direção sobre como fazer a Tua obra, como levar a tua preciosa semente para aqueles que ainda não Te conhecem. O Senhor é o Deus Todo Poderoso, Maravilhoso Conselheiro, como diz em Isaías 9, e por isso buscamos a Tua direção , o Teu conselho nesta hora. Nós suplicamos, ó Deus, que na Sua infinita misericórdia, possamos ser achados dignos de levar o Teu nome e a Tua Palavra para almas tão famintas. E Te pedimos perdão, Senhor, pelo que falhamos contra Ti somente. É em nome de Cristo Jesus, Senhor e Salvador nosso, que pedimos e já agradecemos, Amém!"

No amor de Cristo Jesus,

Andreia =]

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

...: Habacuque 3:2 :...


Oie!

Como disse no rodapé de um post aqui no MQV, ainda faria um estudo sobre Reavivamento, apresentando na oportunidade, brevemente, o que não considero como tal.

E ontem, meditando em Isaías 8:12 [NTLH] que diz:
"Não pensem que tudo o que o povo chama de revolução seja revolução mesmo. Não fiqueim assustados, nem tenham medo daquilo de que o povo tem medo."
fui tocada para retomar este assunto.

Lembrando-me do que estudei há alguns anos, quando lecionei sobre o tema para adolescentes, recordei que ao falar em avivamento, a Bíblia relata manifestações dos membros da igreja [ou templo, conforme o caso] que em nada se parecem com o que é visto, e incentivado, nas 'igrejas' de hoje.

Era realmente uma mudança de dentro para fora, que em nada reporta as quedas no chão, urros, gemidos, histeria, 'unção' de objetos e tantas outras bizarrices que ouvimos e vemos - presencialmente, ou através da blogosfera.

Pelo contrário, o povo clamava a Deus pelo avivamento [cf Hc 3:2] - porque é o Senhor quem conduz este processo em nós, igreja. Neste link há um estudo muito bem elaborado e que traduz em muito o que penso sobre o tema. É longo mas extremamente proveitoso e, sinceramente, não tenho dúvidas de que não faria melhor.

O avivamento, de modo bem simples, era um retorno às Escrituras, para obedecê-la e vivê-la.

Lendo hoje um post no Genizah, recomendadíssimo, cheguei a conclusão que, mais do que nunca, a igreja brasileira, os crentes brasileiros - a começar em mim, Senhor! - todos precisamos ser reavivados - porque estivemos mortos em nossos delitos e pecados, como dizem as Escrituras, [veja Ef 2:1] mas já tivemos nossos olhos e ouvidos abertos [veja Atos 4:20].

Já passamos da morte para a vida [cf Jo 5:24], mas como Pedro e os outros apóstolos, enquanto Cristo estava em profunda agonia, dormimos [veja Mc 14:32-41]....

Amados, vamos clamar. Nossa parte é esta, clamar, buscar ao Senhor, nos arrependendo destas nossas faltas....Ele agirá, como tem feito até aqui. Ele começou a boa obra em nós, e a aperfeiçoará! [cf Fp 1:6].

Para concluir, sugiro a leitura de Tiago 2: 14 a 26.

Que o Senhor Deus, que vive e reina para sempre, tenha misericórdia de nós, e nos desperte para sermos dignos dEle! Em nome de Cristo Jesus, Senhor e Salvador nosso,

Com amor,

Andreia

-----
A foto acima é de Qumran, onde foram localizados os assim chamados Manuscritos do Mar Morto: escritos bíblicos, como o livro inteiro de Isaías, e comentários, textos apócrifos e literatura de Qumran.
O lugar é seco, insólito, e numa época com recursos precários, pessoas se aventuraram para que, hoje - ainda que não tivessem este propósito em mente - possamos saber ainda mais da Palavra de Deus - cujos tesouros estão mesmo escondidos, ou você encontra pepitas de ouro na rua?
Uma vez em posse destes tesouros, vamos compartilhá-los, como Pedro fez - já restaurado pelo amor do Senhor - em At 3.

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

...: O valor do compromisso :...


Oie! =]

estava devendo o texto há dias....mas, eis aí!

Que o Senhor Deus possa completar esta mensagem em seu coração.

Em Cristo, Senhor e Salvador nosso,

Andreia =]

.
.
.

Compromisso = 1. Obrigação ( de caráter social, profissional, etc) aceita voluntariamente; 2. Acordo, pacto; 3. Dívida que se deve pagar em dia combinado.

Leitura: Isaías 53 e 61: 1 - 3
Marcos 14: 32 - 41 [NTLH]

Você já fugiu de um compromisso, ou não conseguiu cumprí-lo?

Eu já, algumas vezes sem querer, outras vezes intencionalmente.

Cristo Jesus veio à terra - deixando temporariamente para trás Sua glória, Seu reino, a companhia do Pai - a fim de cumprir um acordo de reconciliação entre Deus, criador de todas as coisas, e nós, Suas criaturas.

O Filho de Deus tornou-Se Filho do Homem para que os filhos dos homens pudessem se tornar filhos de Deus*

Trabalho com Finanças Pessoais há 5 anos e tenho visto como é custoso, trabalhoso para as pessoas, por vezes, cumprirem seus compromissos financeiros. Uma das dicas mais bobinhas, como eu costumo dizer brincando, mas mais ignoradas é a de não comprometer toda a sua renda com despesas [pois imprevistos acontecem na vida de todos, e é bom ter uma folga financeira nestas emergências].

Isto por que na hora da compra é tudo festa e, geralmente, quando nosso desejo é realizado, esquecemos que isto só foi possível graças ao estabelecimento de um compromisso, um acordo para pagamento deste bem.

Adão e Eva compraram a sedutora mentira da serpente, e o fruto que parecia agradável à vista [cf Gn 3:6] apresentou um custo muito, muito elevado - a separação de Deus, a morte física, sofrimentos....

Mas Deus mesmo, em Sua rica, abundante e infinita misericórdia, providenciou o pagamento desta conta: Jesus Cristo.

Após anos e anos, com ricas e detalhadas palavras - que nós chamamos de promessas - Deus executou o pagamento da dívida: no dia combinado por Ele, Cristo Jesus foi crucificado, pagando ali, com Sua própria vida, a pena que os meus e seus pecados [a nossa dívida], amado leitor, mereciam.

Como humano, Cristo não queria passar pelo sofrimento que sabia vir - como nós, hoje, também lutamos contra o sofrimento - mas, ciente do compromisso que assumira junto ao Pai, cumpriu o acordo [veja Hb 9:22]

Pensando, ainda, em termo de compromisso, dívida, sabemos que a quitação de um débito exige um comprovante, não é mesmo? Conforme Atos 1: 3 e 9-11 [entre outras passagens], Cristo Jesus ressuscitou depois de 3 dias, e é a prova viva de que o acordo foi cumprido.

Se alguém pagasse uma dívida que você fez - e que para você se tornou impagável - qual seria sua relação com esta pessoa, que fez o resgate do seu nome na praça?

Oro para que você, amado leitor, esteja entre os que reconhecem que fez a dívida, impagável por si mesmo, aceite o pagamento que Cristo fez na cruz, e viva para sempre com Ele, amando-O, honrando-O, servindo-O....

Se você concorda com este aceite, fique tranquilo: o registro é feito em um livro separado para este propósito. Chama-se Livro da Vida - cf Ap 3:5.

Caso ainda não tenha aceito este amoroso presente, responda para si: o que falta para assumir este compromisso com Cristo - que assumiu com Sua própria vida uma dívida que Ele não fez?

Considere que, o que deixamos por amor a Cristo não nos faz falta*

-----
* Frases extraídas dos Devocionais Nosso Andar Diário e O Presente de Natal, ambos publicações dos Ministérios RBC.

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

...: Recordar é viver :..


Oie! =]

Estava xeretando meus estudos, e decidi compartilhar este, que aprendi quando tive o privilégio [e responsabilidade!!] de ministrar pros adolescentes*. Recordar é sempre bom, especialmente o aprendizado da Palavra de Deus.

Leitura: Provérbios 2: 1-9

Um estudo proveitoso da Bíblia envolve mais do que simplesmente abrir um capítulo e ler o que está escrito. Já fazemos isto com revistas, gibis, jornais, etc, e normalmente quando chegamos ao fim, nem lembramos do que lemos no começo.

Por isso, o estudo bíblico requer de nós atenção, dedicação e meditação para melhor compreensão do que estamos lendo. Temos que ter, principalmente, humildade para reconhecer, admitir que não sabemos nada sem a orientação de Deus.

Em João 15: 5, somos lembrados que, sem o Senhor Deus, nada podemos fazer.

Então vamos ver seis dicas que podem nos auxiliar a ter um proveitoso estudo bíblico:

1) Determine um tempo regular diário
O Senhor Jesus Cristo se retirava, em determinados momentos, para ficar sozinho e orar [Mc 1:35, Lc 4:42]
Também devemos reservar um tempo diário para orarmos e lermos a Bíblia.

2) Antes de começar a ler, peça a Deus por ajuda e compreensão
Ver Pv 2:6, Tg 1:5

3) Pense cuidadosamente naquilo que está lendo.
Os tesouros da Bíblia poucas vezes estão expostos na superfície, como as pedrinhas. Para achar o ouro você precisa cavar. Ver Pv 2: 4,5

4) Tente compreender o que o autor estava dizendo aos leitores originais, antes de decidir o que a passagem significa para você.
No começo do livro de Provérbios, Salomão explica o propósito ao escrever o livro, divinamente inspirado por Deus. Ver Pv 1: 1-6.

5) Escreva, pelo menos, uma verdade ou um princípio num papel, que você poderá colocar em prática.
Um exemplo de verdade que podemos aplicar está em Pv 1:33 - "Mas o que me der ouvidos habitará seguramente, e estará descansado do temor do mal".

6) Não desanime!
Algumas partes da Bíblia são difíceis mesmo de compreender, mas há muito mais que podemos compreender - sempre com a ajuda do Senhor. Os professores de EBD, presbíteros ou pastores, diáconos, ou algum irmão mais experiente com quem você tenha mais proximidade, também podem ajudá-lo neste processo de estudo.

O mais maravilhoso da Palavra é que aplicando o que temos aprendido não somente nossa vida é transformada, mas também a vida das pessoas ao nosso redor - e mais do que falar, podemos testemunhar com nossa vida o privilégio de seguir e servir ao Senhor. =]

Medite, ainda, em Pv 3: 1 a 4.

Com carinho,

no amor de Cristo Jesus, Senhor e Salvador nosso,

Andreia =]

-----
* Irmãos, este estudo foi extraído de um livreto da editora cultura cristã, para adolescentes, e de um estudo divulgado no Nosso Pão Diário. Infelizmente, não tive o cuidado de anotar as referências, além destas às quais me referi. Perdoem-me pelo lapso, pois além disto, só me lembro que as anotações são de 2003.