domingo, 24 de janeiro de 2010

...: Romance :...



Uma prosaica ida ao supermercado hoje... e, na seção de limpeza, deparei-me com um produto cuja fragrância chama-se Romance... [por sinal, muito boa...risos!]

Irresistível não pensar que, se a pessoa não vive um romance, pelo menos tem o cheiro dele em sua casa....[risos]

Impossível não pensar a que ponto nós, humanos, chegamos...carentes de amor - em suas mais variadas formas, das quais a mais visível, pelo menos no que se refere à percepção social, é a do amor entre homens e mulheres - e procurando encontrá-lo em produtos de limpeza, perfumes [tem uma linha da Victoria´s Secret, maravilhosa, chamada Amber Romance...], músicas [e bandas de músicas também], filmes, entre muitas outras coisas....

A sociedade e, infelizmente muitas igrejas também, cobram o fato da pessoa estar com determinada idade e ainda estar solteira, como se existisse um problema com o indivíduo que, por opção ou não, esteja solteiro [não uso o termo só, porque, com Cristo, nunca estamos sozinhos].

Entre os crentes, paira a tormentosa dúvida: esperar no Senhor, sem fazer nada, ou agir e suportar as conseqüências - sim, por que, nosso coração não escolhe a quem amar, simplesmente ama, e a probabilidade de amar uma pessoa não crente é maior do que o contrário, especialmente para nós, meninas...

Aliás, meninas, vamos clamar para que o Senhor fale ao coração dos homens, para que sejam salvos.....a questão que se impõe é a falta de presença masculina, na igreja, na sociedade...para melhor entendimento desta questão, leia este texto, e principalmente, esta oração, extraída deste texto [está em inglês, mas é tranquila de entender], publicado originalmente no site Christian Singles Today [e hoje, incorporado ao site crosswalk]:

"My prayer today is that we as women of God begin to pray for our men like never before, not out of selfish motivation but out of a sincere place of longing for our brothers to take their rightful places in church, in ministry, and maybe, just maybe, in our hearts."

Para os não crentes, claro que nem todos, ainda vale a música "Eu sou de ninguém/Eu sou de todo mundo/ E todo mundo é meu também...Não tenho juiz/.../Eu quero é ser feliz". Podem não admitir, mas sofrem com a incerteza em relação aos seus sentimentos, se serão correspondidos ou não.

Resultado desta conta toda? Muita gente infeliz, se sentindo incompleta, frustrada....seja crente ou não.

E, antes que comece a patrulha de fariseus falando que somos completos e felizes com Cristo - o que eu concordo! - quero que vocês reflitam em Gênesis 2: 26-31 e 3:18, 22-24. Se o Senhor os chamou para serem solteiros, eu creio que Ele dará entendimento e graça para viver assim, mas, quanto à mim, ainda espero conhecer o doador da costelinha.....[muitos risos!] ;]

Este é um assunto para muitos posts, mas, para encerrar este:

1) O amor que recebemos de Deus e o amor que recebemos de uma pessoa não se confundem - e são incomparáveis!;

2) Precisamos tomar cuidado para saber a motivação de nos envolvermos com alguém: por carência afetiva, problemas familiares, pressão social....romance sim, mas pelos motivos certos;

3) O amor se manifesta em atos concretos [inacreditavelmente, quem disse isto foi o Silas Malafaia]: acredito que devemos viver o amor intensamente, mas não sem responsabilidade. Sei que a ideia original não foi esta, mas a palavra do Senhor em Mt 26:41 - "Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; na verdade, o espírito está pronto, mas a carne é fraca" - é bem apropriada para conduzir estas expressões do amor.

E que o Senhor nos ajude! =]

Um abraço, no amor de Cristo Jesus, Senhor e Salvador nosso

Andreia =]

domingo, 17 de janeiro de 2010

...: Uma coisa para fazer antes de morrer :..

Vocês gostam de ler? =] Eu amo!

Há pouco mais de um ano, comprei um livro intitulado 101 coisas para fazer antes de morrer. Na introdução, o autor diz: Listas. Todos fazemos. Em vez de lista de compras, por que não fazer uma do que gostaríamos de realizar na vida?

Esta época do ano é marcada por festas e resoluções para os próximos dias e meses que virão - ninguém escapa de fazer uma lista com seus sonhos e desejos. Eu fiz uma listinha que, graças a Deus, estou conseguindo cumprir.

O autor deste livro que tenho incentiva seus leitores a tentar concretizar estes desejos e registrá-los nos formulários que vêm ao lado de cada sugestão, pois a vida é o que acontece entre o nascimento e a morte: o que realmente conta é o que você faz no meio disso. Comece agora...

Ele sugere as 101 coisas e diz: você o estará fazendo por sua própria conta e risco. Só contunue sob supervisão competente.

Algumas das coisas que ele sugere eu já fiz - como nadar com peixes exóticos, [em Bonito/MS] ganhar um tipo de prêmio [ganhei um concurso de monografias] e participar de uma passeata [fui cara-pintada, impeachman do Collor] - daí já registrei no livrinho. [Há sugestões absolutamente impraticáveis, mas ainda assim, vale a pena ler o livro, garantia de boas risadas]

Mas há uma atitude que todos devemos pôr em prática que ele sequer mencionou - nos reconciliar com Deus, porquê aquilo que pensamos, falamos ou fazemos e que não agrada a Deus chama-se pecado, e nos afasta d´Ele.

Os autores Tim LaHaye e Jerry Jenkins, no livro Deixados para trás 13 - A vitória final, trazem um conceito que achei muito esclarecedor:
pecado, necessariamente, não são as coisas que a gente faz. É o que somos e quem somos. Todos nascemos no pecado e precisamos de perdão.

Nós precisamos de perdão e podemos recebê-lo mediante a fé, a confiança em Cristo Jesus.

Havia uma exigência a ser cumprida para esta reconciliação - a morte de um cordeiro e o derramamento de seu sangue para purificação dos pecados, conforme Levítico 17:11. Jesus Cristo é o nosso Cordeiro [cf João 1:29b], e cumpriu em Sua vida, desde o Seu nascimento, até a Sua morte e ressurreição, a lista de realizações que Deus Pai tinha em mente para Ele.

Abaixo, segue a versão da Bíblia Viva do trecho de Hebreus 9: 1 a 15, para nosso melhor entendimento:
1 - ORA, NAQUELE primeiro acordo entre Deus e o seu povo havia normas para a adoração e havia uma tenda sagrada aqui na terra. Dentro deste lugar de adoração havia dois compartimentos.
2 - O primeiro continha o castiçal de ouro e uma mesa com os pães sagrados em cima. Esta parte da tenda chamava-se o Lugar Santo.
3 - Depois, havia uma cortina e, atrás da cortina, um compartimento chamado o Santo dos Santos.
4 - Nesse compartimento havia o altar do incenso, todo de ouro, e um caixão de ouro, chamado a arca da aliança, inteiramente coberto de ouro puro por todos os lados. Dentro da arca estavam as tábuas de pedra com os Dez Mandamentos escritos, um jarro de ouro com um pouco de maná e a vara de Arão que floresceu.
5 - Em cima da arca de ouro havia estátuas de anjos chamados querubins - as sentinelas da glória de Deus - com suas asas estendidas por cima da cobertura de ouro da arca, chamada o propiciatório. Mas, basta destes pormenores.
6 - Bem, quando tudo estava pronto, os sacerdotes entravam e saiam do primeiro compartimento as vezes que queriam, fazendo seu trabalho.
7 - Mas somente o supremo sacerdote entrava naquele compartimento mais interno, e apenas uma vez por ano, completamente só, e sempre levando sangue que ele salpicava sobre o propiciatório, como uma oferta a Deus para cobrir seus próprios erros e pecados, e os erros e pecados de todo o povo.
8 - E o Espírito Santo utiliza tudo isso para nos mostrar que, sob o sistema antigo, o povo comum não podia entrar no Santo dos Santos, enquanto ainda estivesse em uso o primeiro compartimento e o antigo sistema que ele representava.
9 - Isto tem um ensinamento importante para nós no dia de hoje. Porque, no sistema antigo, ofereciam-se dádivas e sacrifícios, porém estes não conseguiam purificar o coração do povo que os oferecia.
10 - Pois o sistema antigo tratava somente de certas cerimônias: que alimentos comer e beber, regulamentos sobre a maneira de eles se lavarem, e regulamentos sobre isto e aquilo.
O povo tinha de guardar estes regulamentos que o ajudariam a sustentar a situação até que Cristo viesse com um novo e melhor caminho da parte de Deus.
11 - Ele veio como Supremo Sacerdote deste sistema melhor que nós agora temos. Ele entrou naquele tabernáculo do céu, maior e perfeito, que nem é feito por homens nem faz parte deste mundo.
12 - E, uma vez por todas, levou sangue para dentro daquele compartimento mais interno, o Santo dos Santos, e o salpicou sobre o propiciatório; mas não era sangue de bodes nem de bezerros. Não, Ele levou o seu próprio sangue e, com esse sangue, por Si mesmo, Ele garantiu a nossa salvação eterna.
13 e 14 - E se, sob o sistema antigo, o sangue dos touros e bodes e as cinzas das novilhas podiam purificar do pecado os corpos dos homens, calculem como o sangue de Cristo, com muito maior certeza, transformará as nossas vidas e os nossos corações. O sacrifício dele nos liberta da preocupação de ter de obedecer aos regulamentos antigos e nos faz desejar servir ao Deus vivente; pois, com a ajuda do eterno Espírito Santo, Cristo de bom grado entregou-Se a Deus para morrer pelos nossos pecados - Ele, que era perfeito, sem uma única falta ou pecado.
15 - Cristo veio com este novo acordo para que todos os que são convidados possam vir e possuir para sempre todas as maravilhas que Deus lhes prometeu. Porque Cristo morreu para livrá-los do castigo dos pecados que eles tinham cometido enquanto ainda estavam debaixo daquele sistema antigo.

Hoje você é convidado para se reconciliar com Deus, através de Jesus Cristo. Em 2 Coríntios 5: 17, está escrito que àqueles que estão em Cristo são novas criaturas. Há uma viva nova a ser vivida, cheia de sonhos e desejos a se concretizar!

E voce é livre para aceitar ou recusar este convite.

Mas gostaria que considerasse o que está escrito em Eclesiastes 11:9 b:
Faça tudo o que quiser e siga os desejos do teu coração. Mas lembre-se de uma coisa: Deus o julgará por tudo o que você fizer. [NTLH]

Em Apocalipse 20: 11 - 15, vemos a confirmação desta Palavra. João 5:24 e Romanos 8:1 afirmam que não há condenação para os que aceitam a Cristo, pois seus nomes já estão escritos, listados no Livro da Vida.

Mas haverá registro do que fazemos para o Senhor. Que lista preparamos? Já a submetemos a Ele? Seremos galardoados?

Amados, clamemos por criatividade - para poder realizar o que queremos, segundo a Santa vontade de Deus, paciência - porquê algumas coisas só acontecem mais tarde na vida, perseverança - para continuar tentando, ânimo - pois precisaremos de esforço para fazer algo com o qual não estamos acostumados e alegria - acredito que o Senhor ama quem dá tempo, dinheiro, talentos, com alegria.

Ao contrário do autor do livro que citei no começo deste post, aqueles que depositam sua vida nas mãos de Cristo não estão por sua conta e risco, ao contrário, estão sob o poder e a proteção de Deus! Somos cuidados atentamente por Ele.

Então, não é bom deixar passar esta oportunidade - seja para tomar a mais importante decisão antes de morrer - porque depois, não há mais volta, seja para trabalhar para o Senhor.

Que o nosso Deus, que vive e reina para sempre, complete esta palavra em nossos corações. Amém!

Um fraterno abraço,

no amor de Cristo Jesus,

Andreia =]

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

...: Quando a família cresce :...

Não tenho filhos, e não sei se um dia os terei. Mas já ajudei no cuidado de crianças, filhos de amigos e minha sobrinha.

Daí, e depois desta viagem ao MT, pude perceber que assim como filhos naturais, filhos espirituais demandam muito cuidado. Precisam de amor, alimento, atenção, proteção...

Em algumas cartas de Paulo, ele fala de filhos da fé [I e II Tm 1:2, Tt 1: 4], e é assim que temos que cuidar dos novos irmãos em Cristo, como bebês, filhos que dependem de nós, pois realmente eles sairam da morte para a vida - e é uma vida nova em todos os sentidos.

Em Pv 22:6, na NTLH, está escrito: "Eduque a criança no caminho em que deve andar, e até o fim da vida não se desviará dele."

Devemos fazer isto, de acordo com o grau de entendimento de cada um: em I Pedro 2:2 , vemos a comparação de desejarmos a Palavra como crianças recém nascidas precisam de leite. E geralmente é assim quando nos convertemos - e bem pode continuar por todo o tempo de vida cristã... - uma pessoa que se converteu ontem dificilmente entenderá hoje de arrebatamento, tribulação, segunda vinda....

A medida que vamos caminhando na vida cristã, no comunhão e convívio com os irmãos, na oração, na leitura da Palavra, aprendemos mais as Sagradas Escrituras, como podemos ver no exemplo de Timóteo, em 2 Tm 3:15.

Nesta passagem, Paulo relembra a infância de Timóteo, ou seja, quando ele era criança mesmo - e
que alegria saber que a Palavra é maravilhosamente clara que mesmo crianças entendem!. Mas, creio que este trecho também serve para ilustrar a ideia de que novos convertidos, na sua primeira infância da vida cristã, tem diferentes graus de entendimento, que serão aperfeiçoadas ao longo do tempo.

Amados, imagino que, se não fora assim, por que João usaria palavras como "filhinhos, pais, meninos, jovens"? Veja I João 2, com atenção aos versos 1, 12-14, 18, 28, e também o capítulo 3. Acredito que, aqui, tanto ele pode ter se referido a pessoas com idade cronológica diferente, como pessoas com graus de maturidade diferentes no que se refere a experiência cristã.

Sabendo destas diferenças, temos que usar de amor, paciência, proteção contra heresias ...vejamos Gálatas 6: 1-16, Efésios 4: 1- 16, Colossenses 2, e 3: 1 - 17.

Como sempre digo, não é fácil seguir a Cristo, mas é possível! =]

Que o Senhor nos ajude a seguí-Lo e serví-Lo, especialmente no cuidado com nossos novos irmãos! Eu já falhei muito nisto, e sabe Ele como clamei para melhorar....peço orações também a vocês, amados, não só por mim, mas pela Igreja....temos falhado miseravelmente em levar a Palavra, bem como na edificação do Corpo de Cristo. Muitas vezes, paramos tão logo a pessoa aceite o precioso presente da Salvação que Deus em Cristo amorosamente oferece.

Mas, precisamos ir além, andar a outra milha...Orar, e agir, para que haja ensino sadio e puro da Palavra...para que voltem às Escolas Bíblicas aos domingos, ou no dia apropriado, pois cada vez mais, nos nossos dias, vemos o quanto o povo erra por não conhecer as Escrituras [cf Mt 22: 29a]...

Que o Senhor nos ajude, e abençoe o bom trabalho daqueles que já o tem feito.

Um fraterno abraço, no amor de Cristo Jesus, Senhor e Salvador nosso,

Andreia =]


segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

...:Um novo nascimento :...


Oie! =]

Vocês já viram o nascimento de um bebê? Sem contar as transmissões pela televisão, por conta de alguma reportagem, jamais vi um pessoalmente. Pelo menos, não de uma mãe dando à luz...

Mas, no dia 25 de dezembro passado, vi uma belíssima e emocionante escolha de vida, que foi bem ao encontro do texto que li, e que compartilho abaixo.

A Escolha do Natal - Herb Vander Lugt

Leitura: Mateus 2: 1 - 12

O brilho de decorações resplandecentes, o som de cânticos alegres de Natal, as crianças felizes e as saudações contentes de um "Feliz Natal" às vezes dão a impressão que todos estão contentes de que Jesus veio ao nosso planeta. Mas isto não é a realidade hoje em dia, e nunca foi.

A notícia do nascimento de Jesus evocou uma reação múltipla. Os homens sábios deram alegremente as boas-vindas ao Salvador e O adoraram (Mt 2: 10,11). Mas o rei Herodes ficou tão perturbado quando ouviu deste acontecimento, a ponto de tentar encontrar e matar o bebê Jesus (v. 3, 4, 16). Entretanto, a maioria das pessoas não estava consciente do significado deste acontecimento.

Ainda hoje, multidões honram a Jesus e se regojizam na Sua salvação. Mas muitos outros O odeiam. Eles reclamam dos cânticos de Natal nos shoppings e a exposição de cenas natalinas em lugares públicos.

Outros permanecem indiferentes. Eles aceitam a celebração desta época. Talvez até cantem juntos os hinos de Natal, mas nunca se perguntam quem é Jesus ou por que Ele veio. Não pensam na sua necessidade de crer nEle e de recebê-Lo como o seu Salvador.

Está você entre os indiferentes? Ignorar a Ele e às Suas reivindicações significa rejeitá-Lo. O Natal exige uma decisão em relação a Cristo. A escolha é sua.

Se você der lugar para Jesus em seu coração, Ele vai preparar um lugar para você no céu.

Como disse, passei o natal entre pessoas muito queridas, mas nem todas cientes do real motivo da celebração. O mundo comemora a data com excessos, especialmente de bebida e comida, procurando preencher com coisas materiais um vazio que dói na alma - e só o amor de Deus, manifestado em Cristo Jesus, pode preencher esta lacuna perfeitamente.

As vezes, em nossa caminhada cristã, precisamos passar - e parar! - em lugares que, por nossa própria vontade, jamais iríamos - e, aqui, nem me refiro a sair do país, mas até sair de casa mesmo. Particularmente acho que este é um dos motivos pelos quais nós falhamos tanto em cumprir o Ide, de Mt 28:19.

Mas, quando abandonamos nossa vontade e nos submetemos à vontade dEle - que é boa, perfeita e agradável, cf Rm 12:2 - e, principalmente, quando decidimos obedecê-Lo, podemos viver e dizer como o salmista, em Sl 126:6, "Aquele que leva a preciosa semente, andando e chorando, voltará com cânticos de alegria, trazendo consigo os seus molhos".

Minha mame, lutando contra sua vontade e as dores que sua enfermidade causam, pregou para um rapaz, levando a preciosa semente que conhecemos, enquanto eu orava. Então, eis que um pouco tempo depois, ouvi o som de choro.

O choro de um novo nascimento.


...: Continua :...

quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

...: 14 dias :...


Oie! =]

Quando ministro palestras sobre Finanças Pessoais, costumo perguntar as pessoas o que elas comeram no café da manhã naquele mesmo dia, mas do mês anterior. Faço a pergunta para tentar convencê-las da importância de se anotar gastos do cartão de crédito para evitar dissabores quando vier a fatura.

Há um ditado brasileiro que diz que recordar é viver.

Será que você ainda tem na memória o que celebrávamos há 14 dias?

É a primeira vez que celebro a passagem de 24 para 25 de dezembro fora de casa pois, como vocês já sabem, estava em Mato Grosso - mas desta vez, em uma pequena e aprazível cidade chamada Porto Esperidião.

Embora agradáveis e muito amáveis, boa parte das pessoas com quem estávamos não eram cristãs. E eu me senti triste por isso, pois no ano anterior celebramos com duas famílias de nossa igreja, e foi um período de comunhão tão agradável, precioso...

Por este e outros motivos, me recolhi mais cedo para nosso quarto [meu e de meus pais], e abri numa meditação do Nosso Pão Diário, relativa ao último trimestre de 2003 que foi absolutamente oportuna, e que compartilho abaixo.

"Uma luz na escuridão - Richard De Haan

Leitura: Lucas 2: 25 - 33

Um artista estava pintando uma cena de inverno. A neve cobria o solo e os pinheiros. Estava anoitecendo e a paisagem se encontrava envolta em uma penumbra. Quase não se via por entre as sombras uma cabana de madeira. Toda a cena parecia triste.
Então o artista usou algumas tonalidades amarelas para dar um brilho a uma lâmpada, em uma das janelas da cabana. Aquela única luz, seus raios dourados, refletiam-se na neve e transformavam completamente a impressão dada pela pintura.
Em contraste à escuridão fria da floresta ao redor, aquela luz na janela criou um sentimento caloroso de amor e segurança. O que aconteceu naquela tela é uma representação de um dos eventos mais dramáticos de toda a história.
Quando Jesus nasceu num estábulo em Belém, uma luz foi colocada neste mundo de escuridão e pecado. O apóstolo João testemunhou: "N´Ele estava a vida, e a vida era a luz dos homens" (João 1:4).
Durante esta semana, ao comemorarmos o nascimento do Senhor Jesus, vamos nos conscientizar do quanto mais brilhante é este mundo porque Ele veio a nós. Jesus declarou: "Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará em trevas, mas terá a luz da vida" (João 8:12)
Como Jesus tem iluminado sua vida?

Sem a luz de Jesus, estaríamos na escuridão, no que diz respeito a Deus."

Li este texto à luz de uma lanterna, pois naquela noite a energia elétrica caiu algumas vezes. A partir daí, pude me alegrar com minha família, e oramos, agradecidos porque a Luz, que é Cristo Jesus, nos alcançou e iluminou [e ilumina ainda!] a cada um de nós, dando-nos sentido, propósito, esperança, vida em abundância e eterna! Aleluia! =]

A última pergunta deste estudo, para mim, teve ainda outro sentido: além de me fazer refletir sobre como Cristo têm operado em minha vida - uma meditação que nos faz agradecer e louvar mais, e reclamar bem menos.... - me fez questionar se outras pessoas têm se achegado a Cristo pelo modo como vivo com Ele.

O Salmos 119: 105 diz Lâmpada para meus pés é tua Palavra, e luz para o meu caminho, e sempre meditei que a lâmpada [tanto no conceito moderno que temos de lâmpada, como o original] era o receptáculo, a fôrma, da luz. A lâmpada guardava o óleo, ou os filamentos hoje, e demanda uma ação para poder funcionar [ou o fogo, ou que acionemos o interruptor].

Passados 14 dias, o que fazemos com a Luz de Cristo? Ou fizemos, até aqui? Não sejamos seduzidos pela ideia de quantidade de pessoas convertidas em nossas igrejas - embora seja uma bênção quando muitas pessoas se convertem de seus caminhos para o caminho de Deus. A questão é bem maior que esta...

Esta luz está acesa [em mim]? Sua intensidade é capaz de atrair outros?...bom, se Deus permitir, há mais 351 dias pra pensar - e mudar o que for preciso, com a ajuda de Deus!....

Um fraterno abraço, no amor de Cristo Jesus, Senhor e Salvador nosso,

Andreia =]

segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

...: Depois do recesso... :...

Oie! =]

Amados, agora que retornei de uma longa viagem - cujos momentos emocionantes serão relatados em breve - voltarei a postar com regularidade.


Esta foto que compartilho aqui, é de um fim de tarde incrível que pude contemplar quando estive em Cáceres, cidade do interior do estado de Mato Grosso.

Podemos sair para viajar por conta de recesso no trabalho, como no meu caso, ou em férias. Mas, como é bom poder saber que, onde quer que estejamos, nosso Deus está conosco, cuidando e alegrando nosso coração com espetáculos como este, por exemplo. =]

Amados, que em 2010, e em todos os outros anos que Ele graciosamente nos conceder,
sejamos achados dignos de servir ao Grandioso e Maravilhoso Deus a quem tememos e seguimos.

Feliz e abençoado 2010 para todos! ;]

Beijos,

saudades,

Andreia =]