quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

...: 14 dias :...


Oie! =]

Quando ministro palestras sobre Finanças Pessoais, costumo perguntar as pessoas o que elas comeram no café da manhã naquele mesmo dia, mas do mês anterior. Faço a pergunta para tentar convencê-las da importância de se anotar gastos do cartão de crédito para evitar dissabores quando vier a fatura.

Há um ditado brasileiro que diz que recordar é viver.

Será que você ainda tem na memória o que celebrávamos há 14 dias?

É a primeira vez que celebro a passagem de 24 para 25 de dezembro fora de casa pois, como vocês já sabem, estava em Mato Grosso - mas desta vez, em uma pequena e aprazível cidade chamada Porto Esperidião.

Embora agradáveis e muito amáveis, boa parte das pessoas com quem estávamos não eram cristãs. E eu me senti triste por isso, pois no ano anterior celebramos com duas famílias de nossa igreja, e foi um período de comunhão tão agradável, precioso...

Por este e outros motivos, me recolhi mais cedo para nosso quarto [meu e de meus pais], e abri numa meditação do Nosso Pão Diário, relativa ao último trimestre de 2003 que foi absolutamente oportuna, e que compartilho abaixo.

"Uma luz na escuridão - Richard De Haan

Leitura: Lucas 2: 25 - 33

Um artista estava pintando uma cena de inverno. A neve cobria o solo e os pinheiros. Estava anoitecendo e a paisagem se encontrava envolta em uma penumbra. Quase não se via por entre as sombras uma cabana de madeira. Toda a cena parecia triste.
Então o artista usou algumas tonalidades amarelas para dar um brilho a uma lâmpada, em uma das janelas da cabana. Aquela única luz, seus raios dourados, refletiam-se na neve e transformavam completamente a impressão dada pela pintura.
Em contraste à escuridão fria da floresta ao redor, aquela luz na janela criou um sentimento caloroso de amor e segurança. O que aconteceu naquela tela é uma representação de um dos eventos mais dramáticos de toda a história.
Quando Jesus nasceu num estábulo em Belém, uma luz foi colocada neste mundo de escuridão e pecado. O apóstolo João testemunhou: "N´Ele estava a vida, e a vida era a luz dos homens" (João 1:4).
Durante esta semana, ao comemorarmos o nascimento do Senhor Jesus, vamos nos conscientizar do quanto mais brilhante é este mundo porque Ele veio a nós. Jesus declarou: "Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará em trevas, mas terá a luz da vida" (João 8:12)
Como Jesus tem iluminado sua vida?

Sem a luz de Jesus, estaríamos na escuridão, no que diz respeito a Deus."

Li este texto à luz de uma lanterna, pois naquela noite a energia elétrica caiu algumas vezes. A partir daí, pude me alegrar com minha família, e oramos, agradecidos porque a Luz, que é Cristo Jesus, nos alcançou e iluminou [e ilumina ainda!] a cada um de nós, dando-nos sentido, propósito, esperança, vida em abundância e eterna! Aleluia! =]

A última pergunta deste estudo, para mim, teve ainda outro sentido: além de me fazer refletir sobre como Cristo têm operado em minha vida - uma meditação que nos faz agradecer e louvar mais, e reclamar bem menos.... - me fez questionar se outras pessoas têm se achegado a Cristo pelo modo como vivo com Ele.

O Salmos 119: 105 diz Lâmpada para meus pés é tua Palavra, e luz para o meu caminho, e sempre meditei que a lâmpada [tanto no conceito moderno que temos de lâmpada, como o original] era o receptáculo, a fôrma, da luz. A lâmpada guardava o óleo, ou os filamentos hoje, e demanda uma ação para poder funcionar [ou o fogo, ou que acionemos o interruptor].

Passados 14 dias, o que fazemos com a Luz de Cristo? Ou fizemos, até aqui? Não sejamos seduzidos pela ideia de quantidade de pessoas convertidas em nossas igrejas - embora seja uma bênção quando muitas pessoas se convertem de seus caminhos para o caminho de Deus. A questão é bem maior que esta...

Esta luz está acesa [em mim]? Sua intensidade é capaz de atrair outros?...bom, se Deus permitir, há mais 351 dias pra pensar - e mudar o que for preciso, com a ajuda de Deus!....

Um fraterno abraço, no amor de Cristo Jesus, Senhor e Salvador nosso,

Andreia =]

Nenhum comentário: