domingo, 7 de março de 2010

...: Roupa Nova :...

No final de semana passado, no sábado, lavei as minhas roupas. À mão. Uma atividade rotineira na vida de muitas pessoas, não é mesmo?

No domingo, assisti à festa do Oscar - a premiação pelos melhores trabalhos das pessoas que fazem parte da indústria do cinema. Embora seja para premiar o trabalho, o fato é que todo mundo - eu, inclusive - repara nos vestidos que as mulheres usam nesta ocasião.

Hoje em dia, somos atacados por informações de moda - e há até programas que tentam ajudar nisto, como o Esquadrão da Moda, que uma vez por semana transforma uma mulher dos pés à cabeça, literalmente.

A Bíblia também nos traz registros de moda, por assim dizer. Em Pv 7:10, fala de uma mulher que se comporta, e se veste, como prostituta. Já o Sl 45: 9 - 14, descreve os trajes de uma rainha - cujas roupas tinham fios de ouro - e o de suas acompanhantes.

Desde o dia 03 de março, está sendo exibida uma mini série chamada "A história de Ester". Neste livro, também temos outras informações de moda: no capítulo 2: 12, vemos que as mulheres receberam um tratamento de beleza por 1 ano, já o capítulo 4:1, vemos Mordecai, rasgando suas vestes e passando cinza em seu corpo.

Há ainda outras referências, mas o que quero destacar é o fato das vestes também fornecerem informações aos outros sobre quem somos e como estamos, em determinados momentos da vida. Nas primeiras citações [de Pv e Sl], soubemos diferenciar uma prostituta e uma rainha pelas roupas, e no segundo [de Ester], o comportamento se destacou - para ver um rei, era preciso estar bem apresentável, enquanto Mordecai expressou sua tristeza trocando suas vestes e lançando cinzas sobre si.

E desde os tempos bíblicos até hoje é assim - o ser humano é praticamente o mesmo, desde a separação do Criador, conforme vemos em Gênesis 3. Os versos 7 a 10 deste capítulo, aliás, mostram o pior pesadelo para uma pessoa: perceber-se nu diante dos outros e, principalmente, diante de Deus.

Mas é assim que estamos diante dEle, nus. Contudo, Ele não nos quer assim, e nos oferece vestes, as roupas, adequadas para estar em Sua santa presença: vestes de salvação e um manto de retidão [veja Isaías 61: 10], ornamento, óleo de alegria e vestes de louvor [Isaías 61: 1 - 3].

Desde a queda do homem, nós estamos afastados de Deus. O pecado não é só aquilo que pensamos, falamos ou fazemos e que não agrada a Deus, é, também, o que e quem somos, como é possível ver no Salmos 51:5 - e todos precisamos de perdão, precisamos ser salvos da pena, da sentença que este pecado exige.

E Deus está pronto para nos perdoar, como diz um hino antigo, e nos conceder salvação. Trocar nossas vestes sujas por limpas. Em Zacarias 3: 1 a 7, vemos um bom exemplo desta bela troca!

Do mesmo modo que no programa de TV, temos a liberdade de aceitar ou rejeitar o convite que o Senhor faz ainda hoje, como está em Apocalipse 3: 17 a 22.

Para concluir, quero voltar ao começo [e que foi a inspiração pro post...risos]: iniciei o post, falando das minhas experiências com o tanque no sabádo passado. E, naquele dia, fiquei inconformada com uma coisa: eu não sentia* o cheirinho do amaciante nas minhas roupas, embora todo mundo aqui em casa sentisse.

E daí me lembrei de Apocalipse 7: 13 e 14 - das pessoas provenientes da Tribulação, que lavarão e branquearão as suas vestes no sangue do Cordeiro, com muito sofrimento - e Apocalipse 16:15 - que nos lembra que o Senhor virá inesperadamente** e que feliz é aquele que vigia e guarda - cuida, protege, mantém limpa - a sua veste, para não andar nu, e para que não vejam sua vergonha - pois continuamos pecadores, mas com Cristo e em Cristo, somos salvos da condenação eterna, libertos do poder do pecado.

Amados, que o Senhor possa completar esta mensagem em seus corações.

Em nome e pelo amor de Cristo Jesus, Senhor e Salvador nosso,

Andreia =]

----------------------------------------------------------------------------
* A alergia que tenho me impede de sentir cheiros normalmente. Por isso, até hoje tenho problemas em discernir entre azedo e amargo. É uma longa história.

** vocês já receberam uma cartinha do ladrão, dizendo: Querido morador, vou assaltar sua casa dia tal. Por favor, deixe uma merenda na geladeira, este trabalho costuma dar fome. Demore umas duas horas, acho que será suficiente. Com amor, ladrão ? Então, por que tem crente achando que acha que esta Palavra não é para ele?

Nenhum comentário: