quarta-feira, 21 de abril de 2010

...: 24 horas :...


Oie! =]

Vocês já assistiram a um seriado chamado 24 horas? Nesta série, cada capítulo representa 1 hora na vida de um homem, chamado Jack Bauer, que trabalha em missões especiais de defesa, ou ataque, do seu país, os Estados Unidos.

Quando sofremos, 24 horas parecem tempo demais.

Quando fazemos coisas que nos agradam, 24 horas parecem ser insuficientes.

A cada 24 horas que Deus nos concede, vivemos, guardadas as devidas proporções, como o Jack Bauer: não sabemos o que vem pela frente, mas devemos estar prontos a arcar com as escolhas que fizemos em um tempo em que não podemos voltar mais.

Mas, sabe o que é consolador e maravilhoso? Deus concede, para mim e para você, mais um tempo para demonstrar Sua misericórdia, como podemos ver em Isaías 30:18, " [...] o Senhor espera para ter misericórdia de vós, Ele se detém para Se compadecer de vós. Pois o Senhor é um Deus de justiça. Bem-aventurados todos os que nEle esperam".

Em Lamentações 3: 22 e 23, vemos: "As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos, pois as misericórdias do Senhor não têm fim. Novas são a cada manhã, grande é a Sua fidelidade".

Sabe o que significa misericórdia? Segundo o dicionário, "compartilhar as dores de alguém, compaixão, compadecer [se]". Deus compadeceu-Se de nós, de modo visível e definitivo, em Seu Filho Jesus Cristo.

Em Hebreus 4:15, versão da Bíblia Viva, lemos:
"[...] nosso Supremo sacerdote compreende as nossas fraquezas, visto que Ele teve as mesmas tentações que nós, ainda que Ele nunca cedeu a elas nem pecou".

Deus deu este dia de hoje para que, aqueles que estão distantes d´Ele possam aproximar-se e, arrependendo-se - isto é, reconhecendo seus erros e decidindo não mais praticá-los - recebam o perdão e a vida eterna - um período de tempo sem fim, vivendo para sempre com o Senhor Deus, nosso Pai celestial.

E, para nós, que já confessamos um dia nosso pecado e recebemos a Cristo como Salvador e Senhor de nossas vidas, a cada 24 horas temos a oportunidade de viver como Ele mandou, o que não somente dá alegria ao Senhor como também à nós: amando a Deus em 1º lugar, amando ao próximo como a nós mesmos, pregando o Evangelho - não por acaso chamado de Boas Novas, servindo aos outros, orando, louvando ao Senhor através da música...

Se hoje fossem as últimas 24 horas da existência do mundo, o que você e eu faríamos? O irmão Daniel Siemens escreveu um artigo muito interessante no site chamada.com.br, cuja leitura é super recomendada [acesse já!!].

Em 2 Pedro 3: 9 e 10, e Apocalipse 21: 1, por exemplo, somos alertados, e há mais de 2 mil anos [!!!], que o fim um dia chegará. Em Hebreus 4: 7b está escrito:
"[...] hoje, se ouvirdes a Sua voz, não endureçais os vossos corações".

Em outras palavras, não deixe que esta misericórdia de Deus passe de sua vida! Deus te esperou até aqui, mas, e se Ele não esperar mais?

Aos amados irmãos, eu deixo a leitura de 1 Pedro 4: 1 - 11, mas o trecho de 7 a 11 na versão da Nova Tradução da Linguagem de Hoje, segue transcrito abaixo:

"7 - O fim de todas as coisas está perto. Sejam prudentes e estejam alertas para poder orar.
8 - Acima de tudo, amem sinceramente uns aos outros, pois o amor perdoa muitos pecados.
9 - Hospedem uns aos outros, sem reclamar.
10 - Sejam bons administradores dos diferentes dons que receberam de Deus. Que cada um use o seu próprio dom para o bem dos outros!
11 - Quem prega pregue a palavra de Deus; quem serve sriva com a força que Deus dá. Façam assim para que em tudo Deus seja louvado por meio de Jesus Cristo, a quem pertence a glória e o poder para todo o sempre! Amém".

Que o Senhor possa completar esta mensagem em nossos corações.

E que as misericórdias do Senhor se renovem em sua vida poderosamente, em nome de Cristo Jesus, Senhor e Salvador nosso!

No amor d´Ele,

Andreia =]

Um comentário:

Hubner Braz disse...

Amada Andreia,

Ótimo post, gostei da parte em que as 24horas que Deus concede dura quando sentimos dor, e passa com rapidez quando sentimos alegres.

O tempo que nos trouxe aqui, é o mesmo que nos permitir reverenciá-lo por o temos. Resgata-nos, do passado, da dor sentida, de nossas misérias, e também nos devolver a ele, a esse mesmo tempo que nos envolve, em seus laços de segundos, minutos e horas. Transforma-nos, e nos dá força pra seguimos, para nos aventura em novos sonhos e anseios. Eterniza aquilo que tanto amamos, ontém e hoje, e eternamente, Amem!

Amei o0 seu blog e estou te seguindo. Bjs.

Hubner Braz