terça-feira, 19 de abril de 2011

...: Dias melhores - parte 2 :...

E o nosso caminho rumo à vitória sobre o pecado, sobre a morte eterna - consequência que surgiu após o primeiro de muitos pecados - começou a ser construído em um jardim: o Jardim do Getsêmani, que fica no Monte das Oliveiras. Leia Marcos 14: 32 - 39 e Lucas 22: 39 - 48.

Neste jardim, onde se registrou tamanha dor e sofrimento, também é registrada a flor da ressurreição: morre-se para o pecado e suas consequências; há renascimento, ressureição para uma vida nova, abundante e eterna, em um novo jardim: veja Isaías 35: 1 - 10 e 65: 17 - 19, 21, 22 e 25, na versão da Bíblia Viva, diz:

"17 - Prestem atenção, Eu estou criando novos céus e nova terra - tão maravilhosos que ninguém se lembrará da terra e do céu que existem hoje.
18 - Alegrem-se! Cantem de alegria pelas coisas que Eu estou criando! Vou transformar Jerusalém em um lugar de imensa alegria, e darei muita felicidade ao seu povo!
19 - Jerusalém será a minha fonte de prazer, e Eu me alegrarei muito com o meu povo. Lá, nunca mais se ouvirão o choro e os gritos de tristeza e dor.
21 e 22 - Naqueles dias, quem construir uma casa vai viver nela - pois não será destruída pelos exércitos invasores, como aconteceu no passado. Eles plantarão vinhas e comerão as uvas - pois elas não serão tomadas à força pelos inimigos. O meu povo viverá tanto quanto as árvores, e aproveitará até o fim tudo o que conseguiram com muito esforço.
25 - O lobo e o cordeiro vão pastar juntos, o leão vai comer palha com o boi, e as cobrasvenenosas não atacarão os homens. Naquele dia não vai haver qualquer violência ou maldade em todo o meu Santo Monte, diz o Senhor."

O deserto, em alguns momentos, significa a vida sem Deus - mas Ele é poderoso para transformar qualquer deserto em lugar habitável, de refrigério e descanso, conforme vemos em Isaías 40: 1, 2, 4 e 5, e 58: 11, que diz:

"E o SENHOR te guiará continuamente, e fartará a tua alma em lugares áridos, e fortificará os teus ossos; e serás como um jardim regado, e como um manancial, cujas águas nunca faltam".

Ou, ainda, na versão da Bíblia Viva:

"O Senhor guiará vocês para sempre. Mesmo em situações difíceis, Ele dará força e alegria; vocês serão como um jardim bem regado, como uma fonte de onde a água não pára de correr".

Para que esta transformação de deserto para manancial ocorra, vá ao encontro do Senhor Jesus Cristo. Vá àquele outro 'jardim', o da Caveira, ou Gólgota. Achegue-se junto à cruz, e deposite sua vida ali. E receba, pela fé neste sacrifício, a salvação da sua alma e a vida eterna com Deus.

...: Continua :...

Nenhum comentário: