segunda-feira, 28 de novembro de 2011

...: Love is waiting - final :...

Não me admira o comportamento daqueles que ainda não foram alcançados pela graça, capazes de cantar e agir como a 'música' citada no post anterior. Há muitíssimo tempo, o Senhor predisse tal comportamento:

Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos. Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te.” 2 Timóteo 3:1-5

O problema é o nosso comportamento como crentes – sim, amados, com tristeza confesso que já dei meus tropeços nesta área. Nossas atitudes ou são marcadas por excesso ou por faltas, ou as duas situações, ainda que não concomitantemente.

Excesso de sensualidade e malícia, disfarçada de brincadeira, de estar na moda, de autoconfiança... Falta de conhecer e persistir em aprender o que diz a Palavra sobre relacionamentos amorosos, de estudos bíblicos dirigidos - sem ser uma ‘caça aos pecadores’ - sobre esta parte tão importante para nosso pleno desenvolvimento...

Será que não é este um dos motivos dos tantos problemas que vemos nos casamentos hoje em dia? Mulheres que não sabem se comportar na vida a dois por ter uma visão ultra-romântica do relacionamento, e homens que só pensam, ou melhor, não pensam e só agem para ‘recuperar os hormônios perdidos’, resultam em dois infelizes morando sob o mesmo teto.

Não precisa ser assim.

E é para isto que também existe a bíblia. A oração. As conversas. A orientação de pessoas mais experientes na fé e de relacionamento amoroso sadio, estável.

É para isto que existe a paciência.

Você pode parar 1 minuto antes de passar para o próximo parágrafo?

.

.

.

Se não parou, acabou de comprovar a minha teoria: vivemos com tanta pressa, com uma urgência absurda e irracional, que temos perdido o foco da eternidade.

E o que a eternidade tem a ver com relacionamento amoroso? Tudo! :)

Quando se fala em cuidados com namoro, sempre é alertado, muitas vezes em tom ameaçador, sobre I Coríntios 6, com ênfase nos versos 15 a 20. É claro que temos que considerar ao quê podemos expor nossos corpos, templo do Espírito Santo, adquiridos por bom preço pelo Senhor Deus, quando há envolvimento físico íntimo.

Mas, além deste aspecto, é preciso considerar com ainda mais cuidado ao que expomos nossa alma – uma alma que não pode ser negligenciada. Considere Deuteronômio 4: 9, 15 e 16.

Há muitas coisas que afligem nossa alma. E os relacionamentos amorosos, se apresentam qualquer problema, podem nos deixar devastados emocionalmente. E é também por isso que devemos guardar nossa alma, para não nos corromper - perverter física ou moralmente, adulterar, deteriorar-se, depravar-se.

Um grande incêndio começa com uma pequena chama.

Paulo lembra aos coríntios, e a nós até hoje, nos versos relacionados a seguir: “Não sabeis que os injustos não hão de herdar o reino de Deus? Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus. E é o que alguns têm sido; mas haveis sido lavados, mas haveis sido santificados, mas haveis sido justificados em nome do Senhor Jesus, e pelo Espírito do nosso Deus.” 1 Coríntios 6:9-11

Considere, ainda, 2 Tessalonicenses 1: 7b, 8 e 9: “[...] quando se manifestar o Senhor Jesus desde o céu com os anjos do Seu poder, como labareda de fogo, tomando vingança dos que não conhecem a Deus e dos que não obedecem ao evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo; Os quais, por castigo, padecerão eterna perdição, ante a face do Senhor e a glória do Seu poder”

Como labareda de fogo, tomando vingança dos que não conhecem a Deus e dos que não obedecem ao evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo;

Os quais, por castigo, padecerão eterna perdição, ante a face do Senhor e a glória do seu poder,
2 Tessalonicenses 1:8-9

Os coríntios estavam brigando entre si, e enfrentando outros problemas, porque concentrados nas suas opiniões, desejos ou vontades, perderam o foco da eternidade. Releia o trecho acima e perceba o que aguarda àqueles que não obedecem ao evangelho.

Oh, que o Senhor Deus nos guarde de tão grande mal!

Ter alguém para compartilhar sua vida, seus sonhos, a fé em Cristo Jesus é uma bênção maravilhosa. Mas nossa salvação garantida por Cristo Jesus na cruz, no calvário, é incomparável. E inegociável. Fomos criados por Deus para louvor da Sua glória, e redimidos para vivermos para sempre com Ele.

Se nos for permitido viver no Caminho com alguém ao nosso lado, amém. Se não, amém também, pois creio que o Senhor concederá a graça necessária para viver solteiro.

“Não acordeis nem desperteis o meu amor, até que queira.” Cânticos 2:7. Espere. Não se apresse. Viva sua vida conforme os planos de Deus. O amor espera até você estar pronto, como diz a música que nomeou o post, cujo vídeo você vê aqui.

Que o Senhor Deus, que vive e reina para sempre, complete esta mensagem no seu coração. No amor de Cristo Jesus, Senhor e Salvador nosso,

Andreia =]