sábado, 30 de junho de 2012

...: Nem tudo que reluz é ouro :...



Acaba de ser divulgada uma pesquisa do IBGE* dando conta que houve um crescimento no número de brasileiros que professam a fé evangélica, e declínio dos que se professam católicos apostólicos romanos, que era tida, então, como a religião predominante no Brasil.

Pode ser considerada uma boa notícia? Tenho cá minhas dúvidas. Como saber se estes que responderam à pesquisa realmente são crentes em Cristo Jesus, Seus discípulos, aqueles para quem se disse “negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz, e siga-me” [Lucas 9:23]?

Paulo adverte os coríntios sobre o fato de eles permanecerem “exigindo uma prova de que Cristo fala por meu intermédio” [2 Coríntios 13:3 NVI parte]. E por qual razão ele se queixara? Porque já tinha demonstrado, no seu falar, no seu agir, que vivia a novidade de vida prometida e cumprida por Cristo Jesus.

Acredito que Paulo não se incomodou com os coríntios pelo simples fato de ser questionado, mas pelas pessoas pelas quais foi interrogado. 

Os coríntios se identificavam como cristãos – aqui entendendo que eles tinham um tempo de comunhão, de estudo da Palavra, de oração, partir do pão [considere Atos 2:42]....como podiam, então, questionar o apóstolo?

Entendam, amados, o problema não é o questionamento de um cristão em si, pois tenha ele o cargo eclesiástico que tiver, tenha o tempo de vida cristã que tiver poderá ser questionado.

Particularmente, tenho o entendimento de que devemos estar sempre preparados para sermos questionados, seja por não-crentes, seja por crentes - e é até salutar que isto seja feito. Como  vez ou outra digo, Deus, em Cristo Jesus, tirou nossos pecados - o cérebro continua no mesmíssimo lugar.

A questão vai mais além. Como uma pessoa que se diz cristã, seguidora de Cristo, não reconhece outro cristão genuíno?

Neste caso, o problema se encontrava com os examinadores.

Paulo diz a eles: “Examinai-vos a vós mesmos se permaneceis na fé; provai-vos a vós mesmos. Ou não sabeis quanto a vós mesmos, que Jesus Cristo está em vós?”  2 Coríntios 13:5a



...: Continua :...



---------
IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. É o órgão com a missão de "Retratar o Brasil com informações necessárias ao conhecimento da sua realidade e ao exercício da cidadania." Fonte: ibge.gov.br

domingo, 10 de junho de 2012

...: Mais um ano vai, outro ano vem :...


“Mais um ano vai, outro ano vem… rolou tanta coisa e tudo bem. Se você tentou e não realizou, tudo se resolve no ano que vem. Pra comemorar, pra recomeçar, paz, muita saúde e amor também.[...]" *


E lá se vão 3 anos compartilhando aqui no Meu Quintal o que o Senhor Deus têm me ensinado ao longo dos anos de vida cristã - não tão longa, de fato.  :)

Sou 'pré-adolescente' na fé: são 11 anos de vida cristã. Uma vida marcada por alegrias, dores, amadurecimento, crescimento, decepções, descobertas, arrependimentos....Mas consigo olhar para trás - às vezes com saudade, outras vezes não - e dizer  'está sendo bem vivido'.  

Pode melhorar? Oro para que sim! Oro para que seja possível compartilhar muito mais do que nos anos anteriores. Oro para que este seja um espaço de bênçãos, conhecimento, acolhimento, alegria para quem visita. 

Sobretudo oro para que tudo, verdadeiramente, de modo real e virtual, traga louvor, honra e glória ao nome do Senhor Jesus Cristo, meu Senhor e Salvador, e de Deus Pai. 

Vamos celebrar! \o/

E não esperemos outro ano para mudar. Saúde, paz e amor, pra recomeçar. Todos os dias. Para sempre!

Beijocas doces, no amor de Cristo Jesus,

Andreia =]



-------------------------------------------------------
* Costumo dar títulos de música aos posts, e lembrei-me desta, que na verdade, é um jingle publicitário. Apesar de não apreciar o produto que divulga, gosto desta parte da letra. ;)

sábado, 9 de junho de 2012

...: Aviso aos navegantes - conclusão :...




Há alguns dias tenho refletido na passagem de João 10, especialmente o verso 4, que diz: “E, quando tira para fora as suas ovelhas, vai adiante delas, e as ovelhas o seguem, porque conhecem a sua voz”.

O Senhor nos conduz para fora do aprisco – Cristo nos convida para uma vida de liberdade, não de confinamento. Uma vida de liberdade, porém, não significa dizer que é isenta de sofrimento, nem que nunca haverá isolamento, se for preciso.

O Pastor está sempre adiante de nós. Então, a questão que se impõe é: a quem ouvimos na hora do sofrimento? Para quem olhamos, com esperança de que as coisas melhorem?

Concentrar-se nas emoções, ou ‘ouvir o nosso coração’, expressão tão bem conhecida e utilizada no dia a dia, raramente traz o alivio e o consolo que o sofredor, solitário ou não, precisa.

Assim como se concentrar nas circunstâncias, naquilo que se vê. O Senhor já nos advertira, em Mateus 6, 22 e 23: “Se o seu olho for puro, haverá o brilho do sol na sua alma. Mas se o seu olho estiver coberto de maus pensamentos e maus desejos, você está em profunda escuridão espiritual. E como essa escuridão pode ser horrível!” [versão da Bíblia Viva]

Uma outra versão* diz: “Os olhos são as janelas do corpo. Se você abrir bem os olhos com admiração e fé, seu corpo se encherá de luz. Se viver com os olhos cheios de cobiça e desconfiança, seu corpo será um celeiro cheio de grãos mofados. Se fechar as cortinas dessas janelas, sua vida será uma escuridão.”

O que vemos pode determinar nossos pensamentos, sentimentos e reações – e não há escola como a do sofrimento para que possamos exercitar o discernimento, que o dicionário define como a capacidade de perceber com clareza [características, diferenças], avaliar, distinguir valores com clareza.

E um fato importante para se perceber com clareza é que sofrimento não é sinônimo de solidão. Acredito que a solidão, neste caso, tenha propósitos específicos – medite em Mateus 6, e em todas as passagens que relatam os momentos de oração de Cristo com o Pai, Oséias 2 e 2 Crônicas 20: 1-12.

Acredito que um bom propósito é justamente para mantermos um conjunto de posturas corretas para uma vida cristã equilibrada: olhando fixamente para Jesus Cristo, ouvindo e obedecendo a Suas orientações, reveladas em Sua santa e infalível Palavra.

A bem da verdade, precisamos desenvolver esta postura em todo o tempo, de alegrias ou de dores, acompanhados ou não.

Na letra que intitulou estes últimos posts, um trecho diz “S.O.S. solidão”. Popularmente atribuem o significado de S.O.S. a frase “Save Our Souls”, ‘Salvem Nossas Almas’, em português.

Fico imaginando a angústia que apoderava àqueles que emitiam este sinal, pois que estavam em perigo, não raras vezes com a vida em risco. Será que alguém captaria este sinal? Entenderiam o código e a gravidade da situação? Demoraria muito?

No que se refere a nossa alma, o socorro vem imediatamente, e está ao alcance de uma oração. Glórias a Deus porque há um único e suficiente Salvador, Jesus Cristo, o Senhor – considere Atos 4: 12: “E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos”.

Aos navegantes que ainda não O conhecem, oro para que possam dirigir o seu SOS a quem realmente pode atendê-lo, Cristo Jesus,  Salvador de todos aqueles que O invocam, que chamam pelo Seu nome. 

Em João 5:24, aqui na versão da Bíblia Viva, está escrito: Eu digo sinceramente que todo aquele que ouve a minha mensagem e crê em Deus, que Me enviou, tem a vida eterna, e jamais será condenado pelos seus pecados, mas já passou da morte para a vida”.

Quanto aos navegantes que já conhecem ao Senhor, oro para que se aproximem d’ Ele ainda mais, aprendendo novas dimensões de Sua graça e amor e compartilhando as bênçãos recebidas neste caminho, trilhado sempre em Sua amável companhia. Que possamos consolar a outros, com a consolação que temos recebido do Pai.

Lembrem-se de 2 Coríntios 1: 19b e 20a,: “[...] Jesus Cristo, o Filho de Deus. [Ele] não é alguém que diga "sim" quando quer dizer "não". Ele sempre faz exatamente como diz. Ele realiza e cumpre todas as promessas divinas, não importam quantas delas existam; [...]”.
  
No amor de Cristo Jesus, que pode completar e aperfeiçoar esta mensagem em nossos corações,

Andreia =]

-------------------------------------
* Li este texto em um post da Rede Boas Novas no Facebook, mas não foi citada qual versão é esta.