sábado, 21 de julho de 2012

...: ...por onde a gente vai :...



3] Como o administrador do espaço virtual se apresenta nas mídias sociais?

É raro, hoje, encontrar um administrador que não disponibilize o link para seu perfil em alguma das mídias sociais como Facebook, Twitter, Orkut [alguém realmente usa isto ainda?....risos], etc.

Então, que tipo de publicações prevalecem? É claro que todo mundo tem o momento abobrinha no dia e, até onde eu saiba [e estou pronta para ser corrigida, se estiver errada], não é pecado rir e fazer rir. 

Porém, é só isto – postagem com piadas, palavrões, imagens sensuais ou chocantes? Músicas que apresentam, em videoclipes ou nas letras [ou ambos], como um comportamento normal e aceitável o desrespeito à lei e à ordem, o consumo desenfreado, o uso de drogas, bebidas alcoólicas, envolvimento sexual, a apologia à violência? 

“O homem bom, do bom tesouro do seu coração tira o bem, e o homem mau, do mau tesouro do seu coração tira o mal, porque da abundância do seu coração fala a boca”. Lucas 6:45

Da abundância do coração fala a boca, digitam os dedos e aparecem na timeline do Facebook, do Twitter.... E faz o quê, no coração e na mente daqueles, cristãos ou não, que lêem? Em 1 Coríntios 5:12 Paulo bem disse que “todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convém; todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma”.

Aliás, no capítulo 8 desta 1ª carta aos Coríntios, Paulo trata de modo bem objetivo e radical o cuidado que devemos ter sobre o impacto que nossas ações podemos causar nos irmãos - neste capítulo, ele trata sobre coisas sacrificadas aos ídolos, e demonstra que "a ciência incha, mas o amor edifica" [final do verso 1]. 

A versão da Bíblia Viva deste trecho final do verso 1 é bem interessante: "Mas, embora ser um 'sabe-tudo' nos faça sentir-nos importantes, o que é preciso, na realidade, para edificar a igreja, é o amor". 

O  verso 13, que fecha o tema neste capítulo, é contundente e desafiador:  "Portanto, se comer carne oferecida a ídolos fizer meu irmão pecar, não comerei nem um pedacinho em toda a minha vida, porque não quero feri-lo, de maneira alguma".

Eu me concentrei somente em três, mas certamente há outros aspectos que podem ser incluídos para realizar um bom exame e descobrir o que o amado leitor tem lido ou visto pela internet. Bem como se vale a pena continuar sendo seguidor de um espaço virtual que não produz sementes de edificação para o Corpo de Cristo. Em 1 Coríntios 5: 9-13, há uma séria observação a este respeito. 

Há algumas semanas, li uma frase da autora Stormie Omartian na abençoada Bíblia da Mulher que Ora, editada pela Mundo Cristão, que sintetiza, com clareza, toda a ideia que me levou a meditar no assunto: “O poder de Deus é precioso e poderoso demais para ser desperdiçado em uma alma insubmissa”.

Se o administrador do espaço virtual demonstra ser, repetida e persistentemente, insubmisso, desobediente, enganoso ao Senhor Deus, acredite, ele o será em todas as outras esferas da sua vida, pessoal e virtual. Repetida e persistentemente.

Somos pecadores e podemos, a qualquer tempo e descuido, cair. Considere 1 Coríntios 10:12. Mas relembro, como compartilhei outras vezes, que o conceito de perfeição requerido pelo Senhor Deus é ser íntegro. Misericordioso não é somente ser compassivo, mas não retribuir para alguém que nos ofende conforme tal ofensa mereceria.

Concluo estes posts compartilhando, como fiz no Facebook, o trecho de um livro muito abençoado que li em fevereiro deste ano, chamado "A Lei da Lepra - Uma figura do pecado e da restauração divina", de G.C. Willis, Ed. DLC. Recomendadíssimo. 

Oro para que este estudo sirva de alerta, para administradores, parceiros e colaboradores, e que seja um incentivo a mais para a busca de uma vida em santidade a cada dia, pois sem santidade, ninguém verá a Deus, conforme Hebreus 12:14.

Deus nos abençoe, em nome e pelo amor de Cristo Jesus, nosso Salvador. Amém.  :)

"Aquele que o Senhor Jesus purificou está transformado, não só exterior, mas também interiormente, por meio do novo nascimento. Tal pessoa recebeu um coração limpo [puro] e uma nova natureza, para a qual o pecado é repugnante, e ela o detesta.

Se alguém no qual habita a nova natureza escorrega para dentro do pecado, ele não ficará satisfeito até ter sido restaurado." [pp 35]

Um comentário:

Karita disse...

Parabéns linda seu Quintal tem bons frutos, foi ótimo ler um pouco, ainda mais sendo porção da palavra de Deus. Um abraço e que Deus continue sempre te abençoando.